Em você como ditados

Respostas para os ditados populares de emoticons. A curiosidade matou o gato. Água mole em pedra dura tanto bate até que fura. À noite todos os gatos são pardos. Antes só do que mal acompanhado. Apressado come cru. A união faz a força. A voz do povo é a voz de Deus. Burro preso também pasta. Cada macaco no seu galho. Caiu na rede, é ... Ditados ou provérbios populares são frases passadas de geração em geração, que usam metáforas para dar lições e ensinar coisas da vida. 1. Água mole, pedra dura, tanto bate até que fura Esse ditado quer dizer que, com persistência, você será capaz de alcançar seus objetivos. A princípio, a forma correta era “Quem não tem cão, caça como gato”, ou seja, se você não tem um cachorro para te ajudar na caçada, o melhor é caçar como um gato, de maneira discreta, com estratégia e inteligência. Isso quer dizer que devemos nos adaptar as mudanças e encontrar alternativas de ir em busca de nossos objetivos na ... Ditados Populares: todos os 53 ditos e provérbios mais famosos no Brasil que você precisa conhecer! Por Lucas Amaral Publicado em 02/10/2019. Atualizado em 09/01/2020 E se você está aprendendo inglês, que tal aumentar ainda mais o seu vocabulário com ditados populares em inglês? A seguir separamos uma lista com 50 ditados populares em inglês, mas vale lembrar que a tradução ao “pé da letra” não é válida para ditados populares.Portanto, é necessário entender sempre o sentido da expressão e sua equivalência em outro idioma. Você sabe como se diz ditados populares em inglês?. A forma mais comum de se chamar ditados populares em inglês é popular sayings, ou simplesmente sayings.Existem outras três formas menos frequentes, como popular proverbs, popular expressions ou ainda popular idioms. Ditados Populares ou Provérbios em inglês Usamos uma quantidade incontável de ditados populares em nosso dia a dia. Na língua inglesa eles também existem e é bem divertido aprendê-los. We have some popular proverb or popular saying here in Brazil that are similar that they also have in English, with the same meaning, but with the ... Agora você pode facilmente e rapidamente adicionar contatos da sua conta de e-mail (como o Gmail, Hotmail, UOL, etc.), ou apenas adicionar manualmente os endereços de email que gostaria de manter em sua lista de contatos. 15/abr/2020 - Explore a pasta 'Ditados Populares e Provérbios' de Isabel Mendes, seguida por 290 pessoas no Pinterest. Veja mais ideias sobre Ditados populares, Ditados, Provérbios. Em solaris você encontra de tudo um pouquinho: Sou uma eterna aprendiz da escola da vida. Palavras De Motivação Frases Verdadeiras Frases Inspiracionais Boys Filme Frase Treino Citações De Poesia Ditados Inspiradores Razão E Emoção Frases Construtivas

Dicas para manejo de equinos

2020.09.28 14:43 Vedovati_Pisos Dicas para manejo de equinos

Cavalo não é vaca, mas ainda há muitas pessoas que teimam em fazer manejo de equinos da mesma forma que fazem o manejo do gado.
Na maioria das propriedades voltadas à criação de equinos, o mal mais comum que atormenta os proprietários, treinadores e tratadores é a cólica.
Todos os criadores já passaram por situações onde algum de seus animais sofreram com esse tipo de problema.
Normalmente, quem é indicada como culpada por desencadear esse problema é sempre a ração. Mas veremos que uma série de fatores pode levar a essas condições, que na maioria das vezes, erros simples e corriqueiros no manejo diário são os responsáveis por desencadear esse e outros problemas.
Mas antes é importante lembrar porque a nutrição de equinos é tão especifica e algumas diferenças no trato digestório guardam a chave para que fiquemos atentos a esses cuidados.
Os cavalos estabulados são suscetíveis aos vícios e ao estresse e por isso devem ser mantidos sob observação constante.
Equinos e o sistema digestório
Uma série de particularidades, no trato digestório de equinos, exige cuidados especiais para sua nutrição, ainda que a tropa seja criada a pasto.
Iniciando pela boca, umas das particularidades do equino é a altura de pastejo.
Equinos têm o hábito de pastejo muito rente ao solo. Ele seleciona os brotos e as folhas mais novas.
É muito comum em piquetes mal manejados, áreas com gramas mais altas e com excesso de pastejo, exatamente devido a essa seleção na hora de pastejar.
A dentição dos animais
Fator que precisa ser acompanhado periodicamente, é preciso avaliar se os dentes estão sem pontas grosseiras que possam estar machucando-o.
Caso seja necessário, deve-se chamar um profissional especializado para fazer essas avaliações e efetuar a correção.
Estômago
Outras duas particularidades no trato digestório de equinos estão no estômago, que é relativamente pequeno se comparado ao tamanho do cavalo e no intestino delgado, que apresenta uma taxa de passagem alta.
Esses fatores são relevantes, pois interferem no tempo de retenção do alimento. Isso é importante principalmente quando se refere ao fornecimento da ração.
Por isso, que se recomenda o fracionamento do seu fornecimento. Quanto mais fracionada, maior será seu aproveitamento e menor as chances de ser mal digerida quando chegar ao Intestino Grosso e fermentar.
“O manejo diário, seguindo a rotina com horários certos para o fornecimento da comida, treinamento, banho, entre outras ações, ajuda na redução do estresse de baia”.
O Intestino Grosso de equinos é onde ocorre a fermentação dos alimentos, neste compartimento acontece a degradação e o aproveitamento do capim realizada pelos microrganismos intestinais.
Essa simbiose é importante na nutrição equina e é a partir dela que equinos e bovinos possuem a capacidade de ser herbívoros. Nesse compartimento, uma das características é o grande volume hídrico.
Essa alta concentração de água no Intestino Grosso de equinos, entre outras funções, funciona como uma caixa d’agua, sempre que o animal precisa de água por alguma razão e não tem acesso a bebedouros. É nesse compartimento que ele irá retirar parte da água que precisa para manter-se.
Essas são apenas algumas das diferenças que os equinos apresentam. O que é importante lembrar é que tudo está interligado e pequenos erros de manejos podem influenciar em toda uma cadeia muito bem organizada e isso pode atrapalhar o desempenho de seu animal.

Erros comuns de manejo
Uma palavra é fundamental no dicionário de quem lida com cavalos: “rotina”.
Fazer o manejo diariamente, seguindo uma rotina com horários certos para o fornecimento da comida, para o treinamento, banho, entre outras ações, ajuda muito na redução do risco de distúrbios e até mesmo na redução do estresse de baia, além de ajudar a identificar quando algo não está bem com alguns dos animais.
O ditado: “É o olho do dono que engorda o gado” deve ser utilizado no manejo de equinos de forma cada vez mais atenta.
Mas não podemos deixar a rotina nos afetar e passar a exercer o trabalho de forma mecânica. Executá-lo desta maneira pode ser citada como a primeira ação para iniciar um manejo errado.
Deve-se tomar cuidado principalmente com animais mantidos em baias, que são susceptíveis aos vícios e ao estresse e por isso devem ser mantidos sob observação constante.
Quando realizamos o trabalho de forma mecânica, não observamos sinais claros que, muitas vezes, estão a nossa frente. Por isso, é sempre importante observar se os animais estão comendo, se estão ingerindo água e principalmente se estão com dor de qualquer tipo.
Cavalo com dor não come normalmente e tende a apresentar perda de peso.
Com relação à cólica, é extremamente importante deixar claro que há os mais variados tipos e que ela pode surgir a partir dos mais variados estopins.
1) Não fracionar o fornecimento de ração durante o dia
Devido ao estomago relativamente pequeno e a taxa de passagem alta no Intestino Delgado, quanto maior a quantidade de ração fornecida por refeição, pior é seu aproveitamento.
Fornecer volume grande de ração em uma única refeição reduz a eficiência da ação gástrica e a taxa de absorção dos nutrientes no Intestino Delgado.
As chances dessa ração mal digerida chegar ao Intestino Grosso, fermentar e criar um quadro de cólica é muito alta. Dessa forma, é extremamente importante ter em mente que, quanto maior for o volume de ração que você queira fornecer para seu cavalo, maior deve ser o número de vezes que deverá fracionar o seu fornecimento ao longo do dia.
O fornecimento de muita ração em uma única refeição reduz a eficiência da ação gástrica.
2) Não respeitar um período mínimo entre o fornecimento de ração e o fornecimento do feno
Após o fornecimento de ração deve-se aguardar um período de pelo menos uma a uma hora e meia para o fornecimento do feno. Isso porque o processo de digestão e a absorção dos nutrientes da ração, que deve ser realizada no Intestino Delgado, precisam de um tempo mínimo para ocorrer.
Quando fornecemos o feno (fibra), ele aumenta mais ainda a taxa de passagem neste compartimento e funciona como uma “vassoura”, arrastando todo alimento desse compartimento para o Intestino Grosso e aumentando o risco deste alimento fermentar e criar um quadro de cólica.
Após ingerir a ração deve-se aguardar um período de pelo menos uma a uma hora e meia para o fornecimento do feno.
3) Fornecer muita ração e pouca quantidade de feno
Como foi dito anteriormente, equinos são animais herbívoros e o feno deve fazer parte de sua vida.
A relação mínima e segura que deve haver entre o fornecimento da ração e do feno é de no mínimo 50/50. Ou seja, se o consumo diário por equino for de 4Kg de ração, seu consumo de feno deve ser no mínimo de 4kg ou mais.
4) Deixar o animal sem água por um longo período de tempo
Esse é um problema que parece tolo, mas que é muito frequente.
Como foi dito anteriormente o Intestino Grosso tem um grande volume hídrico e precisa dele para funcionar adequadamente.
Quando ele cai, isso pode influenciar de forma negativa em todo ecossistema intestinal.
Deve-se ter um cuidado especial com animais mantidos em piquetes com bebedouros que exigem ser enchidos manualmente.
Muitas vezes os animais derrubam os bebedouros, derramando toda a água e ficando por um longo período sem ela.
Isso pode ser prejudicial para o animal, principalmente em dias quentes e quando mantidos em piquetes não sombreados. Muitas vezes, o animal para de comer como reflexo do período sem água.
Os bebedouros automáticos são ótimos, pois se mantêm sempre cheios e facilitam a vida dos tratadores.
Contudo, atenção especial deve ser dada aos animais mantidos em baias e piquetes com esse tipo de bebedouro, pois deve-se observar se eles estão de fato consumindo água. Inúmeros fatores podem influenciar no consumo e observar essa alteração comportamental podem fazer a diferença, antes que algo mais grave aconteça.
Em alguns eventos é comum os competidores deixarem os animais por longos períodos presos a árvores ou trailers sem acesso a água. Sem a mínima noção de como isso pode ser prejudicial a eles.
Se seu cavalo não está aquecendo e nem competindo, deixe-o em um local adequado com acesso a água. Se esses animais foram mantidos em dietas hiperproteicas podem apresentar um quadro de desidratação ainda mais acelerada.
O consumo hídrico é um indicativo extremamente importante sobre a saúde de seu animal, pode ser um sinal claro de que algo não vai bem. Várias alterações podem influenciar no consumo de água, então é bom ficar muito atento a isso.
Animais adultos mantidos com dietas hiperproteicas, que não estão gestando ou amamentado e são mantidos com rações com teor acima de 14% de proteína bruta ou com feno de alfafa (principalmente) como única fonte de volumoso, apresentam um consumo hídrico maior e consequentemente produção maior de urina. Isso ocorre porque todo excesso, no caso a proteína, precisa ser excretada na urina.
Isso vai interferir de forma negativa para o animal, pois a tendência é de ter a baia sempre úmida e não é preciso nem relatar o quanto uma baia nesse estado pode ser ruim para seu cavalo. Além disso, essa excreção exige um gasto energético que poderia ser utilizada para melhorar o seu desempenho.
Em caso de dúvidas, consulte um zootecnista especializado em nutrição equina para verificar e até mesmo balancear a dieta.
5 – Animais soltos em piquetes com pastagens novas
É comum no início das estações de chuva alguns animais mantidos em piquetes apresentarem quadros de diarreia e até mesmo casos de cólica. Isso ocorre porque, como foi dito antes, os equinos selecionam os capins mais novos, quem contém em sua composição substâncias altamente fermentáveis, além de teor maior de proteína e água.
Para evitar esse tipo de ocorrência, deve ser organizado um esquema de entrada e saída de animais nos piquetes, padronizando-se uma altura de entrada, que pode variar em função da espécie forrageira.
Os casos citados acima são apenas alguns erros comuns, muitas vezes cometidos sem querer, mas que podem ser facilmente corrigidos no manejo diário. A principal ação é identificar onde está o erro no manejo e corrigi-lo.
Animais criados com foco nas competições, são e devem ser tratados como atletas.
Uma das recomendações para qualquer atleta é uma vida regrada, seja em sua rotina de trabalho quanto em sua rotina nutricional.
Ele não tem culpa se por alguma razão dormimos mal durante a noite e não respeitamos seu horário de alimentação e manejo.
A nutrição adequada dos equinos é extremamente importante para um bom desempenho em toda fase produtiva.
Escolha uma ração e um feno de boa qualidade para seus animais. Um bom resultado entra pela boca. Mas a nutrição não é tudo, ela é uma parte importante do todo.
Deve ser associada a uma rotina rigorosa de treinamento. Esse é o segredo para todo campeão.
Em caso de dúvida, consulte sempre um zootecnista especializado em nutrição equina, que poderá oferecer a melhor assessoria e esclarecer suas dúvidas com relação a melhor dieta e manejo nutricional para sua propriedade.

https://www.vedovatipisos.com.bnoticias-artigos/manejo-de-equinos/
submitted by Vedovati_Pisos to u/Vedovati_Pisos [link] [comments]


2020.09.11 05:56 ovelhinhamorta A História Do Oxigênio Vermelho

Uma manhã nevoenta
Você está de volta na rua
E do nada uma voz te anima
Esta é a sua vida
Por que desperdiçá-la com memórias do passado
E perguntas sobre o amanhã?
Fantasmas odeiam a luz do dia
Portanto, aproveite o momento para deixá-los para trás
Ponho diante de vós uma bênção e uma maldição
Os pensamentos podem curá-lo, os pensamentos podem matá-lo
As palavras podem te poupar, as palavras podem te quebrar
As emoções podem orientá-lo ou traí-lo
O oxigênio azul é a salvação, o oxigênio vermelho é um veneno
Como você pensa, assim você será
Não coma o pão da besta que tem o mau-olhado
E lembre-se do velho ditado indiano
Que há um lobo bom e um lobo mau lutando pela sua alma
Tome cuidado com qual você alimenta
Não deixe que o ar que você respira se torne em um oxigênio vermelho
Tão certo como o dia segue a noite,
Deve haver uma maneira de sair deste labirinto
Sorria!
Não está tão ruim
Sem luta, não pode haver progresso
Agora é o momento certo para tentar de novo, para tentar seguir com a vida
A mudança que você procura é você
submitted by ovelhinhamorta to desabafos [link] [comments]


2020.09.02 01:00 Buddythewild Os Pecados do meu pai

Bom ... Eu recebi algumas perguntas sobre mim e algumas delas sobre a minha relação familiar , isso me fez pensar sobre um dos familiares que mais odeio em vida. Meu pai. Resolvi dizer algumas coisas sobre este ser e ao mesmo tempo se possível, trazer uma reflexão sobre o quanto familiares podem influenciar em como somos e vamos ser.
Pra evitar que este texto tenha gatilhos eu vou tentar ser o mais breve e superficial possível nos detalhes. Vou contar uma das vezes em que tive certeza que meu pai não era um homem bom.
Eu cresci numa fazenda bem humilde do interior, e quem mora / já morou sabe que o dia começa bem cedo assim como o trabalho ainda que você seja jovem. E depois de um dia inteiro cuidando dos bichos e arrumando a produção eu entrei em casa pra me lavar pois minha mãe tinha dito que uns parentes vinham jantar com a gente, o que era raro pois morávamos bem longe da cidade.
Tudo ia bem e já estava bem escuro quando adultos se juntaram pra conversar na sala, e eu por algum motivo eu dei febre e fui me deitar mais cedo aquele dia. Acordei do nada no meio da noite ouvindo um barulho estranho vindo de um dos quartos e fui até lá pra saber o que era, eu olhei pela porta entre aberta e meu pai estava abusando da minha prima menor de idade. Nessas horas vc sempre pensa " Meu Deus eu vou contar , chamar a policia fazer um escândalo" e Deus sabe que eu quis , mas acabei dando bandeira demais e ele me viu. Eu tentei voltar pro meu quarto e fingir que estava dormindo mas ele veio atrás de mim e perguntou o que eu tinha visto. Eu disse a ele que tinha visto tudo, e que aquilo era errado e ia contar , ele me puxou pelo braço, pegou algumas varas de pescar e disse pra minha mãe que íamos dar uma volta e talvez armar uma armadilhas pra peixe.. E me levou a pé estrada à fora até uma Lagoa que ficava longe de casa.
Chegando lá tivemos uma conversa ou melhor dizendo, ele me espancou. Eu tive o braço fraturado , ele deslocou e eu rasquei o joelho até a cartilagem e depois disso me jogou na lagoa. Estava escuro, frio e eu sempre tive tassalofobia e ele sabia disso, por isso me jogou lá.
Não era tão raso e eu era pequeno além do pânico eu podia ter me afogado, mas ele não ligou. Quando voltamos pra casa ele disse pra minha mãe que eu cai no lago enquanto olhava. Ela até questionou o porquê já que eu sempre tive medo. Mas nada foi feito. Após isso tive crises de pânico e ele sempre olhava pra mim afim de saber se eu tinha contado seus segredos sujos ou se tinha os matado como ele matou minha empatia naquela noite.
Eu sempre me culpei por não ter protegido minha prima e outras crianças que eu nunca saberei o nome mas que passam pela mesma situação. E é por isso que tenho uma luta acirrada contra este tipo de coisa hoje pois acredito no ditado que diz : " tudo que o mal precisa pra prevalecer é que alguns bons homens não façam nada."
Eu resolvi falar vendo relatos sobre parentes tão ruins quanto e ainda mais pela causa, se esta passando por algo assim por favor não se cale. Eu sei que existe o medo, a ameaça e nem vou entrar na questão da nossa " maravilhosa " justiça. Mas se tem uma chance de ser livre não faça como eu fiz. Só consegui me livrar dele na morte e isso demorou muito infelizmente.. Faltou coragem pra eu fazer o que tinha que fazer..
É isso.Lamento ter ficado um pouco cumprido mas disse exatamente o que tinha que dizer. Espero ter ajudado
submitted by Buddythewild to desabafos [link] [comments]


2020.08.12 03:56 Hakuma0096 EU SOU A BABACA POR PROCURAR AJUDA MENTAL?

Olá turma que está à ver este post, Lubixco, possível convidado(s), gatas, falecidos papelões e apupus e downdundun. Sou uma garota paulista de 14 anos, se isso ajudar na voz. Vou contar a história de como a medicina psicológica ainda é menosprezada até pelas pessoas mais liberais.
Desde de meus 10 anos, percebo que andei tendo comportamentos que não me fazem bem. Como diz o ditado "Quem procura sempre acha", fui pesquisar não só no Google, mas com filhos de terapeutas, em livros de psicologia e etc., só queria que esses comportamentos acabassem.
Pesquisando bem, achei a depressão e a ansiedade, e vi que tenho vários sintomas e comportamentos semelhantes, até cheguei à lembrar que tenho ataques de pânicos desde meus 8, o que é assustador. (No final posso fazer um check list para mostrar de quais sintomas e comportamentos eu andei tendo)
Como nada pode estar garantido só por pesquisas na internet feitas por uma adolescente, eu senti muita necessidade de ir à um especialista.
Pedi para minha mãe para eu ir, sem explicar o porquê, mas obviamente, ela negou, mesmo eu dizendo que todo mundo deveria fazer terapia. Pedi e pedi até os meus 13 anos, sem lhe explicar o porquê. Até que tive essa conversa: (verbal)
-Mãe, precisamos conversar.
-O que foi?
-Eu ando me sentindo estranha e quero muito ver um especialista.
-O que você anda sentindo.
-A maioria do tempo eu sinto medo e tristeza, me irrito mais facilmente do que gostaria e perco o controle, tenho medo do futuro e sinto falta, demais, de como eu era muito mais feliz...-Nesse momento eu já estava chorando, eu choro com muita facilidade.- Tudo parece estar desabando e eu não o que fazer, não eu sei o que realmente estou sentindo.
-Onde você viu isso?
-Eu pesquisei bastante.
-Isso é tudo invenção da sua cabeça, acha que tem algo e aí é assim que você realmente tem.
Depois de muito tempo, minha mãe concordou de me levar a um terapeuta, mas até agora o que recebo é um papo que daqui à pouco me leva, que achar terapeuta era muito difícil e tal.
Brigamos demais sobre essas coisas e ela sempre me diz que estou sendo desagradável, que eu ia sofrer se eu não mudasse meu jeito de ser. Finjo que não ligo, mas sempre choro ao lembrar (Aliás, estou chorando agora)
Realmente eu estou sendo essa pessoa desagradável que minha mãe diz que sou? Realmente eu vou sofrer se continuar assim? Por favor! Se vocês votarem em que sou a babaca, eu entederei que minha mãe está certa.
Me ajudem, por favor!
submitted by Hakuma0096 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.27 00:14 caduweb Quero desabafar: pense numa coisa complexa que é ajudar alguém

Estou deixando aqui meu primeiro post neste subreddit. Normalmente posto outros assuntos, mas queria colocar uma situação que me deixou puto.
Hoje chegou uma colega da minha esposa em casa, pois haviam combinado que eu lhe fizesse um currículo, mesmo sem eu sequer saber de nada. Até aí tudo bem. Mas tem gente que é folgada, fica exigindo demais... Mesmo assim me dispus a fazer algo decente.
Como deu o horário do almoço, paramos um pouco. E resolvi tirar minha tradicional sesta. Diga-se, tentei cochilar um pouco, mas a pessoa chata não deixou. Isso me irritou... Resolvi não atender a tanta folga, prolonguei o "descanso" (mas no fundo estava puto e não conseguia relaxar). Pouco tempo depois a pessoa volta e perturba novamente. Levantei irritado, mas contido.
E lá vamos nós terminamos aquilo. Porém, não atendendo a todas as exigências do que ela pedia. Aí a pessoa não gostou e disse que iria pagar para alguém fazer. Eu achei bom e entreguei-lhe o que havia feito.
Mas como isso me deixou irritado internamente. Nós vamos ajudar, mas há pessoas que abusam. Caso eu fosse outro tipo de pessoa, e negasse o pedido logo no início, nada disso tinha acontecido.
Ajudar as pessoas não é algo fácil, cabe até algumas questões filosóficas. Como diz o ditado popular, se você dá a mão, pedem o braço. Por outro lado, pedir ajuda quando precisamos nem sempre é uma boa ideia. Às vezes algo que parece generosidade se transforma numa dívida implícita.
😤
submitted by caduweb to brasil [link] [comments]


2020.07.20 15:29 neropericias Quanto custa uma Perícia Grafotécnica ?

Quanto custa uma Perícia Grafotécnica ?
https://preview.redd.it/5w78fs60l0c51.png?width=700&format=png&auto=webp&s=cf4628d3667b810ebabf0e8f42e7c4c5205aa523
Recebeu um bilhete com ameaça e precisa descobrir o autor ? Tentou executar um contrato e descobriu que a assinatura foi falsificada ? Precisa comprovar que é sua letra em registros de trabalho para comprovar tempo de serviço junto ao INSS ? Ou está desconfiado que o atestado médico entregue por seu funcionário foi falsificado ? Seja em qual destas situações você se encaixa ou qualquer outra que envolva a necessidade de se determinar a autoria de uma escrita, você certamente precisará dos serviços de um perito grafotécnico.
O perito grafotécnico é o profissional que aplica as técnicas da grafoscopia, a chamada perícia grafotécnica, para determinar se uma escrita foi produzida a partir de um punho caligráfico ou não.
Apesar as infinidades de aplicações deste tipo de perícia, a grafotécnica é mais comumente utilizada em casos que envolvem a falsidade de assinaturas, até por isso é muito conhecida como perícia de assinatura. No entanto ela não se restringe apenas a assinaturas, ela possibilita que qualquer tipo de lançamento caligráfico (escrita) seja periciada.

Como é possível saber se um assinatura é falsa

A grafoscopia se baseia no fato de que toda escrita é única a cada indivíduo e produzida através de impulsos cerebrais; ela é um espécie digital. Ou seja, por mais que uma pessoa tente falsificar uma assinatura (ou qualquer outro tipo de escrita) ele sempre deixará rastros, que são os elementos genéticos que compõem o lançamento caligráfico.
Assim, a grafoscopia não analisa a forma da escrita e sim estes elementos que são quase imperceptíveis a olho nu e que são únicos para cada pessoa.
É como diz aquele velho ditado: não há crime perfeito! Por mais que o fraudador se esforce seu cérebro irá lhe trair, deixando sempre suas características genéticas na escrita.

Como é feita a perícia grafotécnica

A perícia grafotécnica é feita a partir dos exames grafotécnicos que são de ordem genérica e genética.
O profissional da área deve executar estes exames no documento a ser periciado, que é chamado de peça questionada, e anotar os resultados obtidos. Em seguida ele deve executar os mesmos exames grafotécnicos em documentos autênticos da pessoa suspeita de ter produzido a peça questionada, ou seja, documentos comprovadamente de autoria desta pessoa.
Feitos os exames em todos os documentos, o perito então deve confrontar os resultados. Se houver um maior número de resultados convergentes, significa que a escrita da peça questionada fora produzida pela pessoa suspeita. O contrário, ou seja, se houver um maior número de resultados divergentes na confrontação, indica que a escrita da peça questionada não tenha sido produzida por esta pessoa suspeita.

Laudo pericial grafotécnico

Depois de concluir os exames e confrontar seus resultados o perito deve então produzir o laudo pericial grafotécnico, que é o documento que comprova a execução os testes e o resultado obtido.
Neste laudo o perito deve detalhar os documentos que utilizou na perícia: tanto a peça questionada como os documentos autênticos da pessoa suspeita, que são chamados de padrões de confronto; o perito deve também detalhar os equipamentos que utilizou na perícia, os procedimentos realizados, os resultados de cada exame grafotécnico e, ao final, deve colocar a conclusão fundamentada de sua apuração.
É indicado que o perito ilustre os detalhes de cada exame realizado com fotos e setas indicativas dos pontos de divergência e/ou convergências.
O laudo pericial grafotécnico deve ser feito em linguagem simples, de fácil entendimento por qualquer pessoa que o deseje ler.
Certo, mas qual o valor de uma perícia grafotécnica, você deve estar se perguntando. Afinal este é o título e intuito deste artigo.
Pois bem, vamos lá dizer de uma vez quanto custa a perícia grafotécnica.
Clique aqui para continuar lendo.
#pericia #grafotecnica #perito #periciagrafotecnica #peritografotecnico #quantocustaumapericiagrafotecnica #neropericias
submitted by neropericias to u/neropericias [link] [comments]


2020.07.16 16:51 Pragmancer "Fiquei caidinho por alguém sem nunca nos encontrarmos", hoje, no Casos de Família

TL;DR no fim se você também perde o tesão ao ver mais de 2 parágrafos.

O título já spoilea a premissa da história. Um drama romântico moderno, com internet, isolamento social, insegurança e plot twist da era das máquinas. Mas vou contar do começo.
Som de VHS rebobinando
1 MÊS ATRÁS
Sigo uma menina no IG, chamemos de Luísa. Luiza e eu temos conhecidos em comum mas não nos conhecemos e, logo, nunca conversamos pessoalmente. De vez em quando ela posta umas fotos, muito bonita, bem meu estilo, mas enfim... ignoramos a existência do outro no geral. Então um dia Luzia postou um story interessante e resolvi comentar. Manobra ousada, mas é aquele ditado: "Aqui tem coragem" [Berranteiro, 2012]. Obviamente com segundas intenções, mas o comentário em si foi sem malícia e era um assunto relevante, anyway. Assim como o Cabo Daciolo, entrei pela diversão, sem grandes pretensões.
Esperando no máximo receber um coraçãozinho, mas provavelmente só um gelo padrão, envio a mensagem. Aquecimento global confirmado. Não teve gelo. Milagrosamente a conversa engatou e começamos a trocar altas ideias durante semanas. O papo progrediu naturalmente para uma vibe bem diferente das segundas intenções originais, ou seja: sem flertes... mas estava ótimo, então profit. Descobri que Lúcia é uma mulher super interessante e inteligente, sabe elaborar bem sobre os temas, têm opiniões legais... já captaram né; o indivíduo começa falando assim e logo logo tá chorando ouvindo Marília Mendonça (chorando de ruim né kkkk... ok ok, gosto é que nem braço, entendo).
DIA ATUAL
Enfim, título. Lembra do Cabo Daciolo? Então esquece. Me chama de Dória porque quero mais e mais. Estou caidinho por Luara. Sim, mencionei ali em cima que não teve flerte na conversa... paixonite unilateral e fazendo papel de trouxa? É provável! Agora, caro leitor, você pensa: "Chama a Luana para sair então, seu demente!". Covid. Pois é, o vírus está destransando as pessoas. Tá osso sair de casa e chamar para sair para encontrar com alguém que você só conhece digitalmente é difícil de racionalizar.
Quando vocês ficam xonadinhos também é uma desgraça? Agora não posso ficar a toa que já começo a pensar em Lurdes. Somos masoquistas e sentimos prazer em passar vontade? Ou será que Nietzsche estava certo e o sofrimento é realmente um passo necessário para valorizarmos as coisas?
Obviamente que não dá para conversar online para sempre. Na verdade a conversa acabou de cair em um daqueles pontos que o assunto atual meio que encerrou. E paramos de conversar. Quis dar um tempinho porque não queria ser aquele cara chato que não sabe a hora de parar. Só que essa pausa abalou minha confiança. Agora fico oscilando entre as seguintes crises existênciais:
- vai lá e puxa assunto de novo, correndo o risco de ser chato mesmo, na escala cósmica é irrelevante
- cê tá viajando, nem nos conhecemos, devem ter N outros caras falando com ela, pra quê essa sofrência
Fim(?). Ficou mais extenso do que imaginei ( ͡° ͜ʖ ͡°) . Não sei porque escrevi na verdade. Apenas para desabafar mesmo? Esperando conselhos? Uma pequena parte de mim quer que magicamente Lucilene leia isso? Tô carente por causa da quarentena? Sou retardado (sim)? Tive que pesquisar nomes femininos que começam com 'Lu'? Todas as alternativas anteriores?
Enfim, disserte sobre, ou não. Pode comentar que sou trouxa também kkkk.

TL;DR - Comecei a conversar online com uma mina. Agora tô super afim dela. Não dá pra chamar pra sair. A conversa deu uma esfriada. Insegurança começou a bater. Nescau é melhor que Toddy.
submitted by Pragmancer to desabafos [link] [comments]


2020.07.03 19:17 corruptor_mor Bolsonaro: só quem não te conhece é que te compra

“Tá querendo enganar quem, meu bem?
Tá querendo enganar?
Sei que você sabe sambar também.
Sei que você sabe sambar” (música de Zé Roraima e Daniel Pinheiro)
Quem estava lá, como eu, duas décadas atrás, não acreditava no que estava acontecendo. O ex-todo-poderoso senador Antonio Carlos Magalhães, senhor de baraço e cutelo na Bahia, que bumbava e retumbava onde batia os pés, reaparecia no Congresso bem mais magro, os olhos ensopados de lágrimas. Subiu à tribuna do Senado, de cuja presidência havia sido apeado dois anos antes atingido por denúncias de corrupção, para dizer que havia trocado o apelido de “Toninho Malvadeza”, de que se orgulhava até então, pelo de “Toninho Paz e Amor”.
Bolsonaro esta semana tentou imitar ACM, mas é aquela história: cachorro mordido de cobra tem medo de linguiça. (Como esses dias ando lendo a “Paremiologia Nordestina” de Fontes Ibiapina, uma obra-prima do folclore brasileiro que reuniu em mais de 400 páginas os melhores ditados, provérbios e adágios populares do Nordeste, vou me permitir ao desfrute de salpicar alguns deles ao longo deste texto).
Raposa nunca deixa de comer galinha
O capitão, que vinha piando fino depois da prisão do Queiroz, e mais esganiçado ainda depois da sequência de contradições do advogado Frederick Wassef, hospedeiro de Queiroz, agora se esforça para exibir um tom de conciliação. Mas o “Jairzinho Paz de Amor” é difícil de engolir. Porque raposa perde o cabelo, mas não deixa de comer galinha, né?
Bolsonaro começou afagando os outros poderes num evento na presença do presidente do STF, Dias Toffoli, no qual falou em entendimento com STF, Câmara e Senado. Falou de “dias melhores para o Brasil”. Depois, nomeou o novo ministro da educação, um conservador até bem avaliado pelos que o conhecem de perto. Independente das denúncias de adulterar o próprio currículo, o gesto de nomear um negro não olavista foi um sinal positivo para reduzir a tensão com as universidades. Além disso, o general Luiz Eduardo Ramos, ministro da Secretaria de Governo, foi para a reserva, reduzindo uma zona de atrito com a área militar, porque bolsonaristas fomentavam a intriga de que o presidente pretendia nomeá-lo Comandante do Exército no lugar de Edson Pujol, de quem Ramos era subordinado.
Pau que nasce torto morre torto
Reparando assim à primeira mirada, dá até a impressão de que Bolsonaro hasteou com sinceridade a bandeira branca. O diabo é que o pau que nasce torno morre torto. Pelo conjunto da obra não se pode dar um vintém de crédito à tentativa de firmar o “Jarzinho Paz e Amor”. Pois, ao contrário do ditado popular, águas passadas movem moinhos, sim senhor. Até hoje o capitão não se retratou da afirmação de que “ordens absurdas não devem ser cumpridas”, em referência ao Ministro Alexandre de Moraes, que determinou busca e apreensão em residências de apoiadores empresários e difusores de fake news. Também não condenou os ataques de seus apoiadores com fogos de artifício ao Supremo, lançados por uma turma de fanáticos liderados pela extremista Sara Winter, que terminou em cana e agora anda de tornozeleira. Igualmente, Bolsonaro nunca condenou, nem na intimidade nem publicamente, os ataques de seus apoiadores ao Congresso Nacional em manifestações que contaram com sua presença. Neste domingo os ataques se repetiram com pedidos de fechamento do Congresso e do Supremo. Mas Jairzinho Paz e Amor (de araque) nem tchuns.
Quem vendeu a alma ao diabo...
Ora, como dizem no interiorzão nordestino, cabaça que carregou leite nunca perde o azedume. E quem vendeu a alma ao diabo uma vez nunca mais consegue dinheiro suficiente pra comprar de volta.
É impossível acreditar na sinceridade de um presidente que virou motivo de chacota internacional quando pôs um sanfoneiro atrás de si e ordenou, como se quisesse se livrar de um fardo: “toca aí a Ave Maria”, enquanto arrumava uns papéis. Tentativa caricata e ridícula de homenagear “os que se foram”, as vítimas da covid-19, que nunca mereceram dele a menor consideração. E sempre que tentou fazê-lo foi só pra cumprir tabela, sem transparecer qualquer sombra de sinceridade e empatia. Na certa, alguém buzinou-lhe ao ouvido que pegava bem nestes tempos de festas juninas colocar um sanfoneiro pra tocar alguma coisa. Um comentarista de uma emissora portuguesa disse que nem parecia que se referia a seres humanos. “Aos que se foram podia ser que estivesse se referindo a um gato morto”.
Não dá pra confiar mas é nem de jeito nenhum!
Sem falar que até hoje Bolsonaro não se retratou pelos atos e declarações machistas, racistas, de apologia à tortura, de apoio a ditaduras e ditadores, de desacato à imprensa e de intolerância aos que pensam de forma diversa dele. Ora, quem sonega não renega. As ações falam mais alto que os gritos. Bom exemplo, meio sermão. Pela entrada da cidade se conhece o prefeito. Pelo afinar da viola se conhece o tocador.
Desculpa aí, capitão, mas pelo rastro se conhece a forma do pé. Não demora e o Jairzão Truculento estará de volta. É aguardar. Porque cada um é filho de suas obras. Só quem não te conhece é que te compra. Gato escaldado tem medo de água fria. E cachorro picado por cobra tem medo de linguiça. O diabo é quem confia. Aliás, nem ele.
Por Paulo José Cunha Professor, jornalista e escritor.
Artigo
submitted by corruptor_mor to brasil [link] [comments]


2020.06.19 09:58 hellcifense Sou viciado em me exibir na internet e isso me deixa triste

NL;NL Virei uma karmawhore da putaria e não consigo sair desse ciclo. Sinto que estou traindo a confiança de muita gente, principalmente da minha namorada, o que me deixa muito mal.
Isso começou assim que eu fiz 18 anos, lá pro fim de 2018. Como todo jovem com os hormônios a flor da pele, eu me masturbava consistentemente, o que não chegava a ser um problema, mas eu sempre tive plena consciência de ser incapaz de ficar mais de duas semanas sem tocar uma. Não desci naquele rabbit hole da pornografia de ver coisas mais e mais pesadas, mas comecei a ver coisas que antes acharia totalmente estranho.
Primeiro foi o Reddit. Nesse ponto eu já tinha uma conta há um tempo, mas só então eu comecei a conhecer a cultura dos grandes subs de putaria que tem por aqui, inclusive os brasileiros, e comecei a usar cada vez mais essa plataforma pra consumir pornografia.
Um dia topei com o 4chan, sim, o lixão da internet aberta, que eu descobri ser também um antro de Gifs e WEBMs de putaria absolutamente eclético. Aprendi rápido a filtrar o conteúdo tóxico que permeia aquele site como um todo e passei a consumir e gostar de tipos de pornografia que nunca achei que gostaria, leia-se, trans, twinks e femboys. Basicamente me descobri um bissexual atraído por qualquer um com traços femininos hahahahaha.
Após isso, não me lembro exatamente como, caí no Omegle. Não na parte de chats de vídeo, que é inutilizável, mas na área de chats de texto. Lá eu descobri que era possível encontrar pessoas e, quiçá, trocar nudes com elas no snap ou Kik. Não comecei a fazer isso de cara, mas logo vi a oportunidade.
Como eu estava esperando pra entrar na faculdade durante o primeiro semestre de 2019, tive tempo mais do que o suficiente pra frequentar esses sites e como diz o ditado: mente vazia é oficina do diabo. Logo logo postei um semi nude no falecido solteafranga e pra minha surpresa, fiquei entre os top posts do sub inteiro por um tempo. Postei também em outros subs gringos e o feedback que eu recebi foi insano, as pessoas adoraram e aquilo acendeu algo em mim. Eu AMEI a antenção.
Acho que cabe falar um pouco mais sobre mim. Na infância eu fui o gordinho nerdão. Sempre fui amigo de todo mundo, apesar de não ser muito bom em fazer ou manter amigos, e nunca sofri bullying, mas acabei crescendo bem tímido e recolhido de qualquer forma. Na adolescência eu cresci bastante e mudei muito: a voz engrossou, fiquei magro e mais forte e o meu amiguinho cresceu também kkkk.
Durante o ensino médio e até na faculdade me disseram que eu tenho cara de cafajeste, não no mal sentido, mas daquele cara que pega e larga, que adora festas e coisas mais "casuais"...e esse claramente não sou eu kkkkkkkk Eu sei que meu corpo tem uma boa aparência pros padrões de hoje, mas no fundo da minha mente eu ainda sou muito tímido e inseguro quanto a minha aparência e me exibir e receber as mensagens que eu recebo me dá um sentimento de, sei lá, poder.
Meus problemas de verdade começaram quando eu percebi que não conseguia mais viver sem isso. Eu postava alguma coisa, ganhava comentários e likes, descolava alguma coisa no Omegle, no kik, no snap, ganhava mais likes e elogios. Eu tava preso num sistema de reforço positivo que só acabava quando eu finalmente ejaculava e o tesão ia embora. Daí eu apagava as contas de tudo com um peso na consciência, me prometendo que eu nunca faria aquilo de novo...e acabava voltando no máximo uma semana depois.
Pra ficar ainda pior, nesse ano eu comecei a namorar. Uma garota que eu sinto que amo de verdade. Ela não é perfeita, mas eu também não sou e eu realmente quero que esse relacionamento dê certo. Obviamente, ela não sabe desse vício meu. Se soubesse não faço ideia de como reagiria, acho que ficaria escandalizada, acho que todos ficariam. Caralho, há 10 horas atrás eu criei essa mesma conta pra postar nudes meus e receber atenção.
Desde que comecei a namorar, cada like, comentário, vídeo que vejo ou nude que eu recebo ainda me dá prazer, mas eu sinto que eu tô traindo a confiança de muita gente, especialmente da minha namorada. Ela não é muito aberta pra falar sobre sexo e os pais dela certamente têm mão nisso (sim, somos jovens), então eu não nos vejo praticando o ato em nenhum tempo próximo. Ao mesmo tempo em que eu compreendo, isso me frustra um pouco. Sei lá, eu preciso pôr essa energia em algum lugar e meu vício só se tornou mais conveniente.
Eu não sei bem pra onde isso tá indo, mas cá estou eu mais uma vez. Gozei, tirei a mão do pau e pus na consciência. Não quero fazer isso de novo, não quero trair a confiança dela de novo. Não vou apagar essa conta, quero deixar esse relato. Se você leu até aqui, parabéns e obrigado.
submitted by hellcifense to desabafos [link] [comments]


2020.06.14 17:15 perazza_ Dias difíceis

Ok, vamos desabafar.
Bom sai recentemente de uma clinica de reabilitação a um mes, com o diagnostico de dependência química. Pois bem não foi a primeira vez então pra quem não sabe, um dependente químico ou uma pessoa com problemas psicológicos pode ser internada contra sua vontade, e hoje no brasil muitas clinicas se aproveitam disso e da dor dos familiares pra explorarem esse mercado. A anos venho sofrendo com esse problema de internação involuntária e assim como eu muitos outros, já vi pessoas sendo mantidas a força em clinicas simplesmente por fumarem maconha, realmente é humilhante. Em vista dessa situação as coisas para mim vem piorando com o tempo, afinal sou internado toda vez que uso alguma coisa 'droga', e com isso ando extremamente deprimido, meus familiares não deixam eu sair de casa, eu receber pessoas na minha casa, hoje faz um mês que não saio de casa e somado com o tempo de clinica que foram 4 meses isolados então ... Já são quase 5 meses sem ver um amigo ou ir simplesmente no mercado comprar um pão. Fica difícil pra imaginar a vida além disso, já fazem anos que está assim.
A mensagem que eu tenho pra você hoje é existe um ditado judeu que diz 'No fim tudo certo se não deu certo ainda é por que não chegou no fim'.
submitted by perazza_ to desabafos [link] [comments]


2020.06.05 19:54 legit-reviews Revisão do sistema bitcoin

Revisão do sistema bitcoin
Revisão do sistema bitcoin
Nesta era atual, o comércio nunca significou ser uma perda, mesmo para um indivíduo. A razão do fracasso em qualquer negociação em particular é causada pelas suas ações. Discutindo sobre os tempos tradicionais em que todos diziam: "Quanto mais trabalhas, mais ganhas". Mas como todos sabemos; este ditado ainda não está certo no nosso mundo atual.
Hoje em dia, as pessoas tentam obter um rendimento considerável e passivo, com muito esforço. Aqui a tendência comercial foi introduzida em todo o mundo, onde as pessoas começaram a investir a sua quantidade adequada de dinheiro e a gerar lucro com ele. A mesma condição aplica-se ao comércio de criptomoedas, onde as pessoas têm de ultrapassar os rumores indesejados, como, como se houvesse uma perda grave se investissem no comércio de bitcoin. Se aceitarmos conselhos de uma pessoa experiente que está a negociar a bitcoin ou qualquer criptomoeda, ele sempre sugere começar a negociar num lado mais seguro com todas as precauções possíveis. Agora precisa decidir se quer estar satisfeito com uma pequena quantidade de ganhos ou se quer um futuro melhor, que requer riscos e plano.

https://preview.redd.it/ven4bcd9r4351.png?width=624&format=png&auto=webp&s=30a08d5dc2e9cbd21f96ff0c4dcce8731787aa51
O comércio de Bitcoin é uma nova forma de obter um estilo de vida luxuoso e ser rico o suficiente dentro de meses. Estes pequenos investimentos são sempre os grandes protagonistas da sua realização de sonhos numa velocidade melhor, eficiente e mais alta. Toda esta negociação de criptomoedas envolve a compra e o investimento em diferentes moedas digitais, como bitcoin, éter e muito mais.
Tudo neste mundo requer experiência, pelo que uma boa prática no comércio é sempre necessária se assumir um risco maior. Hoje em dia, o comércio automático está na tendência que é totalmente construída com bots bem precisos compilados com toneladas de algoritmos, que reduz completamente os riscos especialmente para os novatos no comércio de bitcoin.
O que é o Sistema Bitcoin? - Revisão do sistema bitcoin
O sistema bitcoin pode ser facilmente definido como um produto de software composto por bots que é especialmente projetado para o comércio de bitcoin amplamente em todo o mundo para gerar uma quantidade considerável de dinheiro com base no investimento.
Steve Mckay foi a pessoa que lançou este software Bitcoin System para ajudar as pessoas a negociar bem com bons resultados no mercado de criptomoedas. Como também era um desenvolvedor de software e investidor, desenvolveu o Sistema Bitcoin como um software mundial baseado em algoritmos complexos. De facto, o Steve desenvolveu intensivamente este software para um antigo empregador e agora tem o desejo de espalhar o seu software com pessoas em larga escala em todo o mundo.
O Sistema Bitcoin consiste em bots para negociar automaticamente no mercado de bitcoin através do uso de algoritmos que desempenham um papel importante na análise do mercado em poucos segundos e reduz as chances de riscos Revisão do sistema bitcoin
Como funciona o sistema Bitcoin?
Em palavras simples, o sistema Bitcoin funciona inteiramente dependendo dos bots e esses bots estão a funcionar nos seus algoritmos complexos. Agora, aqui está a parte importante que, como discutimos, esses bots no sistema Bitcoin estão a trabalhar em algoritmos que têm a tendência de aceder rapidamente ao mercado de criptomoedas em poucos segundos. Depois, com base nos seus resultados, estes bots começam a negociar para os utilizadores através da utilização de tecnologia digital que elimina totalmente o risco causado por erros humanos no comércio, gerando grandes rendimentos rentáveis com base em grandes investimentos Revisão do sistema bitcoin

https://preview.redd.it/vpxpy56br4351.png?width=624&format=png&auto=webp&s=3cf7af8f4c7637bdcefb4dbcafff2acc82129b4e
Como iniciar a troca com o sistema Bitcoin?
Passo 1: Registe-se no Sistema Bitcoin
Assim que aceder à página inicial do site do Sistema Bitcoin, verá alguns espaços em branco e um botão "Get Started". Deve preencher todos esses detalhes cuidadosamente e clicar no botão para completar este passo para se registar no Sistema Bitcoin.
Esses campos em branco podem incluir...
• Primeiro nome
• Sobrenome
• Endereço de e-mail
• Número de telemóvel
Passo 2: Investir o valor
Para começar a negociar neste sistema Bitcoin, você deve investir uma pequena quantidade. Uma pequena quantia para novos utilizadores no comércio pode rondar os 250 dólares. Não existem taxas de corte para que este valor comece a ser negociado, o valor total está sempre disponível para investir.
Uma vez lançado o seu valor no sistema Bitcoin, esses bots começarão a procurar a melhor troca no mercado de criptomoedas, como resultado, toda a informação será fornecida aos seus utilizadores Preço do sistema bitcoin
Passo 3: Começar a ganhar lucros
Agora, quando o investimento estiver feito, o montante investido estará disponível para o comércio. O software alega que pelo menos 1.100 dólares seriam os lucros obtidos com a negociação num dia, que é o valor mais alto em comparação com qualquer outro investimento comercial.
Benefícios do sistema Bitcoin
1. Precisão
O sistema Bitcoin tem uma taxa de precisão de 96%, o que é bastante óbvio porque o funcionamento do software depende dos bots e dos seus algoritmos estáveis. Aqui neste comércio de Bitcoin, a taxa de precisão ajuda o utilizador a prever eficientemente que os investimentos irão aumentar com lucros ou não.
2. Custo zero para a negociação
O algoritmo utilizado neste sistema Bitcoin nunca cobra dinheiro adicional pelo seu comércio na sua plataforma, apesar disso, gera uma grande quantidade de retornos como lucro. Trabalhar com um sistema de comércio deste tipo será sempre benéfico para si
3. Menos tempo e mais ganhos
O benefício como devoluções que vai receber de passar os seus 30 minutos num dia seria completamente incrível. Como discutimos, o retorno mínimo do investimento num dia é bastante surpreendente. Isto pode até substituir o seu rendimento passivo se trabalhar com total eficiência, mais tarde os resultados eficazes irão surpreendê-lo.
Podemos confiar no Sistema Bitcoin? - Preço do sistema bitcoin
Temos de saber que, no mercado, a maior parte está coberta de controvérsia em todo o mundo. Por exemplo, quando as maiores empresas como a Amazon, a Apple e até a Google estavam na sua fase inicial, também enfrentaram o mesmo problema no mercado. Felizmente, algumas pessoas superaram e passaram por tais controvérsias e iniciaram o seu investimento mais sensato neles. Hoje, essas pessoas são milionárias fora do curso. As suas decisões passadas transformaram completamente o seu futuro, desfrutando das suas vidas luxuosas sem trabalharem arduamente nele para ganhar Preço do sistema bitcoin
As suas decisões passadas transformaram completamente o seu futuro, desfrutando das suas vidas luxuosas sem trabalharem arduamente para o merecer. Espero que compreenda o poder do comércio, especialmente neste mundo de hoje, onde as pessoas trabalham tão mortíferas para ganhar uma vida de qualidade. Então, este é o momento de decidir sobre a gloriosa opção para gerar lucros, ou seja, a negociação de Bitcoin.
submitted by legit-reviews to u/legit-reviews [link] [comments]


2020.05.25 22:55 GreenDayTodayEver Talvez um pedaço da minha história ajude alguém

Galera, há um tempo eu queria escrever uma série de conselhos que desenvolvi durante a vida, em episódios que vivi. Hoje com quase 40, bem casado, posso talvez dar algumas dicas. Me machuquei muito na vida, mas a vida começou mudar quando entendi certas coisas e principalmente quando comecei a me importar mais com as pessoas sem querer nada em troca.
1 - Ache a sua turma e entenda: vc pertence a ela
Quando eu era criança, sofria bullying na escola, todos meus amigos me chamavam de gordinho, eu não ligava e mostrava o dedo do meio para eles. Era ruim de futebol, mas mesmo assim me enturmava com outra galerinha que gostava de mim, que tinha gostos parecidos e foda-se o resto. Sim. Isso machucava porque as pessoas que eu pensava que eram bacanas, não eram.
2 - As expectativas podem te machucar muito
Sempre fui feio. Para falar a verdade, horrível. Até hoje me olho no espelho e falo: cara como tu é feio pra kct e pergunto para a minha mulher: como vc foi gostar de mim assim? Ela ri e me acha o cara mais lindo do mundo, e isso que me importa. E ela é a mais linda para mim e acabou.
Mas curiosamente eu levei diversos foras quando adolescente. Lembro até hoje quando me apaixonei por uma garota e ela me disse exatamente assim: Cara vc é feio pra caramba, vc só sabe tocar guitarra (eu tinha uns 17) vc acha que será alguém na vida? Eu fiquei sem dizer nada, enfiei a viola no saco, como diz o ditado popular e fui embora para casa chorando que nem um bobo com uma roupa nova da bad boy que tinha acabado de comprar com minha mesada e meses que guardei grana para um Rebook Pump só para ficar bonitão e me declarar para ela. (Edit com esse detalhe)
3 - Cuidado com as pessoas que te humilham por vc ser pobre (ser pobre não é para sempre)
Na cidade pequena onde nasci, eu frequentava uma igreja medíocre que existe até hoje, que tinha pessoas "ricas" da cidade. Até hoje, continua a mesma bosta. Não sabem o que é amor ao próximo e continuam "seletivos". Pessoas daquela "casta" sempre humilharam os mais pobres e classe média. Isso incluiu minha família e eu. Não era pobre necessitado na época, mas minha família era de classe média. Meus colegas viviam dizendo que iam para a Disney etc e contavam e contavam como era lá e me traziam um lápis com uma borracha só, mas eu ficava com vontade... Eu não podia ir, meus pais não tinham como pagar, era tempo de vacas magras e, como se não bastasse, tinham falido.
Todos sem exceção tiravam sarro e me humilhavam de graça. Tinha 1 ou 2 amigos de verdade naquela época dentro daquela MERDA DE IGREJA. Hoje eu sei a REAL definição de igreja. Depois no final vcs entenderão.
4 - Não seja o bobo que compartilha conhecimento de graça
Descobri uma grande vantagem no ensino médio: por conta dos meus problemas eu era vagabundo para estudar mas inteligente. Então, percebia que as menininhas bonitinhas e os carinhas populares queriam material de aula para "copiar" minhas notas de aula, exercícios, tiravam dúvidas. Eu não perdoava, mandava a merda e não compartilhava, porque como adolescente, eu via meu pai falar de sucesso, de coisas que vc deve ou não compartilhar e que as pessoas vem sorrindo para geralmente pedir. Me tornei um cara amargo mas ainda inexperiente na vida e as vezes até imbecil no trato com as pessoas. Só não queria me machucar mais.
5 - Seja o melhor. Sempre há tempo. Mas não humilhe ninguém.
Quando entrei na faculdade decidi que a vagabundagem iria me deixar. Conquistei 5 amigos que eram fodas. A gente era a elite da turma no sentido do conhecimento. Não perdoávamos as outras panelas. Nós éramos os Ramones da computação hahahaha. A gente era foda. Só tirávamos notas fodas. Eu tinha amigos DE VERDADE, perdi dois por câncer já. Uma pena, mas, a gente mostrava que estava ali para estudar. Eu era feio, mas as meninas me amavam porque eu era foda. Eu era inteligente, só tirava 8, 9 e 10. Não me formei com nenhum 5, não tive uma DP e fiquei em exame só uma vez numa baita universidade. Mas minha tristeza com as decepções do passado da adolescência me fizeram ficar esperto com as mulheres.
Tratava todos bem. Ajudava a galera e quanto mais ajudava, eu não sei exatamente o que acontecia mas as coisas davam certo para mim. Ajudava todos.TODOS sem exceção e me tornei menos amargo e mais altruísta. Meu apelido entre os maldosos era o bom samaritano, porque os caras falavam: lá vem o crente que não vai em baladas e é mala. Mas não ficava falando de evangelho nada disso. mas minha vida era levada a sério. Só. Eles percebiam que eu estava ali para tentar mudar de vida e não para perder tempo.
6 - Não tenha vergonha de quem vc é
Eu tinha arrumado um estágio no segundo ano da faculdade já. Mas eu teria que ir de carro ... falei para meu pai: e agora pai? fodeu? Eu era quebrado... ele comprou um corcel 2 para mim, velho. Todo ferrado. Demos uma reformada no bicho mais ou menos porque meu pai não tinha dinheiro para comprar um carro melhor. Eu chegava para estudar no inverno de corcelzão vermelho hahahahaha com insulfilme g5 (única coisa que eu tive grana para colocar para não pegar sol na cara) e um rádio pionerr que um amigo da faculdade me deu... e parava ao lado do carro do meu melhor amigo que tinha uma caminhonete da Dodge vermelha que dava para comprar uns 20 carros iguais o meu. E esse cara, grande amigo meu, foi um anjo que Deus colocou na minha vida. Ele falava assim: cara, vc é demais cara, vc é o irmão que não tive, cara vc é foda, vem de corcel todo dia, pega pista, porra cara vc é corajoso (tudo era necessidade) e ele era bom de coração demais para mim.
A gente fazia nossos churras, eu me lembro uma vez que cheguei em um dia de inverno tom o vidro aberto, ouvindo Ramones dentro do corcel ahahahahah e a galera ficava hahahahaha tipo: porra quem é esse cara idiota, nossa que besta, de corcel aqui na faculdade? Credo... essa faculdade tá perdendo o nível.
7 - As oportunidades certas na hora certa
No segundo ano da faculdade, conheci minha esposa! claro tínhamos só 20 anos hahahaha. Minhas notas melhoraram ela me jogou para cima. Foi a melhor coisa que me aconteceu. Conheci ela e começamos a namorar. A minha vida ficou boa e eu estava assim meio ansioso, mas, deixei a vida rolar. Resumo? hoje estamos há 18 anos juntos :-) hahahahahah lembro até hoje quando ela pegou na minha mão dentro do corcel e falou: vc é tão gatinho e inteligente hahahahah (gente eu sou mais feio que o corcel hahahaha), mas, foi assim demais e lembro de cada detalhe.
Conselho: não tenha medo, as coisas acontecem na hora certa. Acredite.
8 - Sendo correto, tudo dá certo
Eu e meus amigos não colamos durante a graduação inteira. Nunca.
Foi tudo uma beleza, todos nós nos formamos! Todos nós demos certo na vida. Todos nós queríamos o bem das pessoas, todos nós estamos casados com as namoradas que conhecemos na época de faculdade e todos nós tivemos ou temos empresa, todos nós JÁ PASSAMOS POR MUITO SUFOCO (nem tudo foi fácil). Um dos meus amigos foi assaltado, tomou um tiro e está vivo. É... galera... vários sufocos.
Com exceção de 2 que tiveram câncer que infelizmente fazem falta pra caramba para nós. O resto está bem, a gente se apoia a gente se importa e a gente sempre faz o bem a quem puder.
9 - Não ligue o foda-se em situação nenhuma - importe-se
Eu mudei bastante minha personalidade por conta dos traumas de infância e passei a querer o bem de todo mundo sem nada em troca e sem medo de me machucar. Porque entendi: pessoas que vem para nos causar mal, estão causando mal a si mesmas. Eu vi muito cara da cidade onde nasci passar necessidades e era o popular da escola, o bonzão. Uma pena. A vida muda, a vida escolhe quem presentear.
Passamos perrengues juntos. Perdemos pessoas queridas, mas éramos fodas juntos. Um ajudava o outro, estávamos ali. Ninguém abandonava ninguém. Até hoje, somos confidentes. Uns estão melhor que outros financeiramente (mas nós mesmos sabemos que isso não importa porque ninguém mudou), mas somos todos iguais e nos ajudamos sempre. Já teve um amigo nosso que perdeu emprego agora na quarentena e estamos sustentando ele e a família. É isso que somos. Unidos, uma família de verdade.
10 - Seja você e tenha seus amigos como Porto Seguro
Seja você. Se vc quer usar jaqueta do Ramones ao invés de dobrar a manga da camiseta porque está na moda para os homens, use a jaqueta. Esqueça a moda se não se importa. Seja você. As pessoas gostarão de vc pela sua autenticidade, pela seu jeito de viver. Por vc ser você! Aproxime-se de quem gosta de vc. Essas pessoas serão um porto seguro. Porque vc será autentico confiável e principalmente AMIGO. não quele coleguinha sem conversas profundas, sem conselhos e sem se importar. Nossa eu tenho tantos coleguinhas galera... é um porre... o cara dá bom dia reclama da vida, quando acontece uma coisa boa na vida dele ele não te conta. hahahahaha. Coleguinhas que querem só encher seu saco e acham que vc é uma cesta de lixo. Coisa boa não conta, mas desgraça é todo dia. É um porre.
Ame quem te ama! Procure amar as pessoas também e desenvolver laços de amizades verdadeiros. Isso demora anos, mas vale a pena.
Continuo sendo cristão, mas não naquela igreja seletiva e podre. Numa igreja que realmente faz a diferença. Todos eles Continuam com suas religiões, mas isso não importa porque nos respeitamos e somos muito amigos. Porque a amizade é verdadeira e nos importamos e convivemos bem com nossas diferenças.
Finalmente...
Enfim galera, espero que essa experiência tenha motivado vc a ser uma pessoa humana, que tenha um grupo de amigos e que se importe. Que vc não se sinta menor por conta das suas dificuldades, ou se "está pobre" vc não é pobre, vc está pobre, mas isso não é para sempre. Tenha o grupo CERTO de amigos e pessoas que gostam de vc e vc não precisará buscar "aceitação" de ninguém. Existe muita gente boa no mundo galera! Minha vida até os 18 foi uma bosta. Mas, da faculdade em diante graças a Deus muita coisa mudou! Mas eu mudei também, larguei a tristeza e parti em direção ao: fazer, ser, se importar, fazer o bem e não ligar para quem nos faz mal e pronto!
Espero ter ajudado.
submitted by GreenDayTodayEver to desabafos [link] [comments]


2020.04.18 18:24 Felipemaconheiro O maior problema da desigualdade social é que atinge o psicológico

O cara pobre cresce se sentindo inferior, desacreditado, não se vê em boa posição com emprego e bens, chegar até a vida adulta e conseguir contornar isso é difícil pra caralho porque está incrustado no seu psicológico há duas décadas de vida. Imagine que todos os hábitos e formação cultural do jovem classe alta é mais elaborado, até sem querer ele produz mais e adquire mais bem estar. Não significa que ele seja uma pessoa mais capaz, porém simplesmente tem as ferramentas e ambiente melhor. Cara, agora na fase que estou percebo o quanto é fundamental ter motivação e boa estrutura ao redor, digo pra competir em alto nível, quando era adolescente tinha uma certa ilusão no ar.
Muita gente acha que tempo ou estrutura pra estudatrabalhar não gera necessariamente mais resultados, utilizam super exceções pra dizer "se ele conseguiu nessa situação você deve conseguir também", mas não é assim e eu entendi isso por experiência própria. Quando estive me preparando pra curso de pós graduação percebi que algumas horas do dia a mais me davam resultados imediatos, o problema não era minha cognição ou foco, era a minha estrutura de vida relacionada a um emprego ruim que eu tinha na época. Será q o meu concorrente bem nascido tinha essa dificuldade tb? E não é desculpa até pq consegui concluir aquele objetivo, é simplesmente uma constatação que eu levei pra minha vida e hoje consigo criar estratégias melhores já que tive um grande esclarecimento no passado. Lógico, minha pena foi tempo perdido, ansiedades e inseguranças, algo que provavelmente alguém com mais estrutura não experimentou, não nessas circunstâncias pelo menos.
Por isso que é certo aquele ditado que rico fica mais rico e pobre fica mais pobre, simplesmente porque o rico está acostumado a gerir patrimônio. Sabe usar seu dinheiro, costuma ter mais disciplina financeira, sabe como gastar, até fugir de impostos sabem tanto que o dilema do IGF existe a muito tempo mundo a fora, são anos de mentalidade superior sendo exercitada. Por isso não adianta simplesmente repassar renda, o pobre se pudesse receber grana volumosa é mais provável que desperdice todo o dinheiro em pouco tempo, enquanto o cara rico faz render seja lá de qual jeito for.
Quanto mais eu me meto no meio acadêmico e profissional (sou advogado e concurseiro) mais eu percebo questões sobre desigualdade e meritocracia, as coisas não são preto no branco como parecem, existem forças invisíveis quase gravitacionais te empurrando pra baixo ou te lançando pro topo. Cada vez tenho mais certeza que as conquistas se tratam de se encaixar no lugar e momento certo, é menos sobre ter grandes capacidades individuais, até porque ninguém nasce escolhendo se quer virar um periférico excluído ou um promotor de justiça.
submitted by Felipemaconheiro to brasilivre [link] [comments]


2020.03.30 15:37 SamuraiBrz COVID-19: stress, ansiedade e incertezas

Meu post não é um desabafo, mas uma tentativa de dar uma resposta mais organizada e completa em relação a dicas que eu tenho passado aqui para várias pessoas. Espero que não tenha problema.
TLDR: Dicas baseadas na minha experiência sobre como lidar com o lado psicológico dessa crise, incluindo coisas como meditação que eu sempre recomendo aqui.
Link pra quem quiser acessar no site (acabei de criar pra facilitar o uso futuro do texto, espero que esteja funcionando): https://sites.google.com/fco.net.barquivo-de-pensamentos/in%C3%ADcio
____________________
Minhas dicas de como lidar com stress e ansiedade
A crise atual do coronavírus (COVID-19) já está afetando o estado emocional e mental de muita gente, e a situação deve ainda permanecer preocupante por um tempo.

Por conta disso, resolvi compartilhar um pouco da minha experiência em relação ao combate a stress e ansiedade, na esperança de que minha experiência possa ajudar outras pessoas. Minha vida foi marcada por vários momentos estressantes, incluindo uma longa carreira em finanças, um período de crise pessoal em que realmente quase morri, e atualmente fazendo o doutorado nos EUA (que recentemente se tornou o país com maior número de casos da doença). Isso fez que que ao longo da minha vida, eu desenvolvesse maneiras de lidar com stress, ansiedade, entre outras coisas.

Meu foco vai ser em versões mais simples e básicas daquilo que eu faço. Todos esses itens podem ser ampliados e melhorados ao longo do tempo, mas o objetivo maior é ajudar quem está começando.

1 - Meditação.

Meu caminho para a meditação não foi muito tradicional, então minhas dicas podem ser um pouco diferentes. Na época que eu comecei, a internet ainda estava começando, não existia muita informação facilmente disponível ou aplicativos pra isso.

1.a) Comece pela respiração.

Em uma posição qualquer que considere confortável, respire fundo. Procure respirar lentamente, absorvendo o máximo de ar que conseguir, e depois soltando o máximo de ar que puder.

Apesar de respirarmos o tempo inteiro, o estilo de vida moderno faz com que na maior parte do tempo a gente respire de maneira muito superficial. A gente não está acostumado a realmente respirar de maneira a dar mais oxigênio para o corpo. A exceção é quando fazemos exercício, mas aí respiramos mais forte porque o corpo está pedindo muito mais ar mesmo.

Respirar profundamente ajuda a dar mais condições para a mente e o corpo fazerem seu trabalho direito.

Respirar é fácil, todo mundo faz, então é um jeito bom de iniciar. Eu vejo muita gente preocupada sobre como começar a meditar, qual seria o jeito certo, e isso acaba aumentando o stress ao invés de ajudar. Mas respirar fundo não tem muito o que errar.

1.b) Encontre um ponto de foco.

Meditação está relacionada a desenvolver foco e concentração. Isso pode levar um tempo, até porque não estamos mais acostumados a parar pra prestar atenção em algo. Tudo bem se não conseguir. Perder o foco e tentar recuperar o foco é parte natural do processo.

Para ajudar no foco, as pessoas podem encontrar algo para se concentrarem durante a meditação. Isso varia muito de cada pessoa, então às vezes tem que tentar algumas coisas diferentes pra ver o que funciona pra você.

Algumas possibilidades:

Foco no movimento. Apesar da imagem da meditação ser algo feito com a pessoa sentada e parada, isso não precisa ser assim. Para algumas pessoas, o movimento ajuda na concentração. O pessoal que faz yoga e tai-chi, por exemplo, usa muito isso. Mas os movimentos malucos de yoga assustam quem está começando, e não precisa ser assim. Você pode usar movimentos simples. Alguns exemplos são o movimento de abrir e fechar a mão, o movimento de girar o pescoço, o movimento de contar com os dedos, entre outros. Escolha um movimento ou uma combinação de movimentos, e preste atenção em como o corpo reage e realiza os movimentos. Fechar os olhos costuma ajudar nesse processo.

Foco na fala. Outra prática comum é falar durante a meditação. Não precisa ser necessariamente falar, pode ser apenas fazer o som de "hhhmmmmmm". Outras possibilidades são mantras e orações. O que importa é que seja algo que facilite sua concentração.

Foco na escuta. Muita gente usa sons para meditar. Isso pode incluir sons suaves (ASMR se tornou uma tendência), sons naturais do ambiente em que você está, ou música. De novo, o importante é ver o que facilita a concentração. Tem gente que se dá muito bem com músicas calmas, e tem gente que odeia, por exemplo, e medita até melhor com um heavy metal.

Foco visual. Já outras pessoas conseguem se focar melhor quando elas olham para alguma coisa. Isso é muito usado na hipnose, por exemplo, quando se pede pra pessoa se concentrar em um relógio, em um pêndulo, ou um disco hipnótico. Fotos também funcionam bem, especialmente fotos que passam uma sensação que lhe agrada.

1.c) Indo além.

O que eu escrevi nos itens (a) e (b) devem ser o suficiente pra quem está começando melhorar bastante o estado mental. Eu não quero ir muito longe aqui, mas também acho bom deixar um espaço pra se pensar, caso a pessoa decida levar a prática para a vida toda (o que eu recomendo, me ajudou demais ao longo da minha vida).

O que eu passei até agora seria basicamente oxigenar o cérebro e o corpo, e se focar em algo. Isso tem como consequência principal limpar a mente, e deixar ela em um estado mais calmo. Muita gente costuma dizer que seria "esvaziar a mente", mas isso seria algo meio enganoso porque não é realmente deixar a mente vazia, é deixar ela mais limpa.

É como se a mente fosse um computador ou um smartphone, que com o tempo fica acumulando muita coisa ruim e inútil, e daí de vez em quando é bom dar uma limpada.

Técnicas mais avançadas podem ir além disso. Ao invés de apenas limpar o computador da mente, podem "atualizar" o sistema operacional, e podem "desinstalar e instalar os programas", mudando a forma da pessoa pensar, agir e perceber o mundo.

Outra coisa é que as dicas que eu dei podem levar um bom tempo. Ficar respirando fundo, se deixar levar por uma música, esse tipo de coisa pode exigir um bom tempo até conseguir manter o foco. Ainda mais se a pessoa não tem experiência e está com muito stress acumulado. Para muitas pessoas, pode ser a primeira vez que elas se sentem calmas em muito, muito tempo, então é natural continuar nesse estado de transe por um tempo.

Técnicas mais avançadas também podem acelerar esse processo. O que pode ser útil naquelas fases da vida em que a gente não tem tempo pra nada.

2 - Arte.

Como diz o velho ditado, quem canta os males espanta.

As artes de maneira geral podem ter uma série de benefícios na saúde mental, como aliviar o stress, melhorar o autoconhecimento, aumentar a capacidade criativa, organizar os pensamentos.

A não ser que a pessoa já seja artista, a maioria das pessoas não está mais acostumada a ativar as partes do cérebro correspondentes a isso. Antigamente, era mais parte da tradição social alguma forma de arte, com pessoas desenhando, cantando, dançando, contando histórias, tirando fotos, etc. Isso se perdeu um pouco, e com isso também se perdeu uma maneira de melhorar a saúde mental.

Um dos maiores obstáculos quando eu recomendo a prática da arte pra alguém é que a pessoa se diz incompetente de mais. Que ela não sabe cantar, que ela desenha muito mal, etc.

Só que lembre-se que o objetivo aqui não é fazer de ninguém um artista profissional. É usar a arte como forma de aliviar o stress e a ansiedade. Não interessa que o desenho seja bom ou ruim. O desenho pode ser péssimo, mas pelo menos pode servir como uma válvula de escape, uma maneira de pessoa organizar e canalizar as suas emoções de maneira mais positiva (ao invés de sair comendo tudo que vê pela frente, ou descontar nos outros).

Além disso, hoje em dia a tecnologia ajuda muito. Com o que existe hoje em dia de programas, aplicativos e equipamentos, dá pra fazer música sem entender muito de música, desenhar sem saber muito de desenho, e por aí vai. Tem até jogo de PS4 pra quem quer criar seu próprio jogo de vídeo-game sem ser profissional (Dreams).

Por exemplo, depois de décadas, eu voltei a escrever histórias em quadrinhos. Eu gosto de escrever, mas não sou bom o suficiente no desenho. Só que agora existem programas que ajudam nisso.

3 - Atividade física.

Como dizem, mente sã em corpo são. É difícil a mente estar bem, sem o corpo estar bem. Uma coisa está ligada à outra.

Eu nunca fui fã de exercícios físicos, academia, esse tipo de coisa. Mas também não precisa ser rato de academia pra atividade física ajudar a lidar com estresse.

Essa é a parte que eu menos posso ajudar, mas está cheio de material na internet, vídeo no YouTube, etc. Até pra quem é preguiçoso, dá pra fazer alguma atividade física até sentado no sofá assistindo Netflix.

4 - Vida social.

Com o pessoal fechado em casa, essa é uma parte que tem pesado muito na saúde mental. Até pra quem está na cadeia, a solitária é uma das punições mais severas, por conta do distanciamento social.

Só que eu acho que tem uma coisa importante a se lembrar. O que está acontecendo agora é principalmente um distanciamento físico. Ou seja, isso não significa que a gente tem que se tornar distante em termos de comunicação, ou em termos emocionais, por exemplo.

Em termos físicos, eu estou milhares de quilômetros distante de quase todo mundo que eu conheço. Isso não significa que eu tenha que perder a conexão com as pessoas. A situação atual tem se revelado até uma forma de aumentar a conexão. Pessoas que estavam mais distantes se aproximaram, conversei com gente que eu não falava fazia anos, e assim por diante.

Muita gente tem afastado outras pessoas nas redes sociais, que se tornaram muito mais um ambiente negativo. Mas isso não precisa ser assim.

Vou aproveitar o exemplo de um amigo meu, que se mudou pro Canadá. Esses dias eu vi ele falando que estava pensando em fazer um jogo de D&D online. Esse tipo de conexão social ainda existe, o tal distanciamento social do coronavírus não impede nada disso.

E, no caso das famílias, que mantém a proximidade física, também dá pra buscar maneiras positivas de lidar com isso. As dicas que eu dei de meditação, arte, e atividades físicas, por exemplo, podem muito bem se tornarem coisas pra família. Antes dessa situação toda acontecer, uma vez eu fiz uma sessão de meditação junto com a minha mãe e minha fílha. Também comprei argila pro pessoal fazer esculturas.

Então, claro que a crise existe, que vários problemas estão acontecendo e vão acontecer. Mas, quanto mais fortes estivermos mentalmente, mais podemos enfrentar e superar. Eu tenho um amigo que é muito diferente de mim, e uma vez a gente estava conversando sobre como a nossa amizade se desenvolveu e ficou tão forte. E a gente falou que parte da razão foi ver que, nos períodos difíceis, a amizade nunca se abalou e saiu até mais forte. Então, eu acho que muitas relações também podem sair fortalecidas, mesmo em uma situação de distanciamento social, se a gente souber lidar com isso.
submitted by SamuraiBrz to desabafos [link] [comments]


2020.03.22 21:29 loslan FAKE NEWS (reportado p/ Revista EXAME e Jornal Estadao) - A renomada Universidade Stanford, nos EUA – teria mostrado que o uso associado da hidroxicloroquina e azitromicina teria sido capaz de curar pacientes com coronavírus.

Essa "estória" repercutida e reproduzida como se verdadeira, foi criada por um investidor em blockchain chamado James Todaro... Ah! Mais ainda, o Vale do Silício correu jundo. A WIRED que fornece acesso gratuito e ilimitado a histórias sobre a pandemia de coronavírus revela como um documento do Google compartilhado no Twitter não é o modo como a ciência geralmente é feita...
FONTES - LINKs: ao final do texto
"A CONVERSA SOBRE uma droga promissora para combater o Covid-19 começou, como costuma acontecer (mas na ciência não), no Twitter. Um investidor em blockchain chamado James Todaro twittou que um medicamento contra a malária de 85 anos chamado cloroquina era um tratamento potencial e preventivo contra a doença causada pelo novo coronavírus. Todaro vinculou a um documento do Google que ele havia escrito, explicando a idéia. Embora quase uma dúzia de medicamentos para o tratamento do coronavírus esteja em testes clínicos na China, apenas um - remdesivir, um antiviral que estava em testes contra o Ebola e o MERS do coronavírus - está em testes completos nos EUA. Nada foi aprovado pela Food and Drug Administration. Portanto, um medicamento promissor seria ótimo - e melhor ainda, a cloroquina não é nova. Seu uso remonta à Segunda Guerra Mundial e é derivado da casca da árvore chinchona, como o quinino, um antimalárico de séculos de idade. Isso significa que o medicamento agora é genérico e é relativamente barato. Os médicos entendem bem e podem prescrever o que quiserem, não apenas a malária. O tweet de Todaro recebeu milhares de curtidas. O mundo da engenharia / tecnologia pegou a ideia. O blog de leitura extensiva Stratechery vinculado ao documento do Todaro no Google; Ben Thompson, editor do blog, escreveu que estava "totalmente desqualificado para comentar", mas que as evidências anedóticas favoreciam a idéia. Ecoando o documento, Thompson escreveu que o documento foi escrito em consulta com a Stanford Medical School, a Universidade do Alabama na faculdade de medicina de Birmingham e os pesquisadores da Academia Nacional de Ciências - nada disso é exatamente verdade. (Mais sobre isso daqui a pouco.) Um dos co-autores de Todaro, um advogado chamado Gregory Rigano, foi à Fox News falar sobre o conceito. O CEO da Tesla e da SpaceX, Elon Musk, twittou sobre isso, citando um vídeo explicativo do YouTubede um médico que vem fazendo uma série de explicadores de coronavírus. Para ser justo, Musk não estava interessado na idéia de não ter mais dados, embora tenha escrito que havia recebido uma dose salva de vida de cloroquina para a malária. É a definição de "grande se verdadeiro". Parte da história do Covid-19, do coronavírus SARS-CoV-2, é que ela é nova . Os seres humanos não têm imunidade a isso. Não há vacina, nenhum medicamento aprovado para tratá-lo. Mas se um medicamento existia - se um medicamento barato e fácil pode evitar as piores complicações que requerem ventilação e às vezes fatais da infecção por coronavírus, ou talvez prevenir essa infecção em primeiro lugar, para que estamos isolando socialmente, como otários? Que se - como diz o ditado - está dando muito trabalho. A pandemia de Covid-19 está causando, razoavelmente, um surto mundial enquanto cientistas e formuladores de políticas correm para encontrar soluções, nem sempre com competência ou eficiência. É o tipo de coisa que irrita a mentalidade de engenheiro-disruptor. Certamente, esse deve ser um problema facilmente resolvido, que é principalmente culpa da burocracia, da regulamentação e de pessoas que não entendem a ciência. E talvez as duas primeiras coisas sejam verdadeiras. A terceira coisa, porém, é onde os riscos se escondem. O Vale do Silício homenageia pessoas que correm em direção a soluções e ignoram problemas; a ciência é projetada para encontrar soluções, identificando esses problemas. As duas abordagens geralmente são incompatíveis . O que aconteceu aqui, especificamente, é que Rigano procurou Todaro. O tweet de Todaro identificou Rigano como afiliado à Johns Hopkins; O perfil de Rigano no LinkedIn diz que ele está de licença de um programa de mestrado em bioinformática e foi consultor de um programa em Stanford chamado SPARK, que faz a descoberta de medicamentos translacionais - encontrando novos usos e pedidos de medicamentos aprovados. "Eu tenho uma experiência muito única na encruzilhada do direito e da ciência", diz Rigano. "Trabalho com grandes empresas farmacêuticas, universidades, biotecnologias e organizações sem fins lucrativos no desenvolvimento de medicamentos e produtos médicos". Ele diz que esses contatos o informaram sobre o uso de cloroquina contra o Covid-19 na China e na Coréia do Sul, então ele começou a ler sobre ele. (Johns Hopkins não retornou uma solicitação de comentário; um porta-voz dos e-mails da Stanford Medical School: “A Stanford Medicine, incluindo a SPARK, não esteve envolvida na criação do documento do Google, e solicitamos que o autor remova todas as referências a Além disso, Gregory Rigano não é consultor da Faculdade de Medicina de Stanford e ninguém em Stanford esteve envolvido no estudo. ”) Acontece que as pessoas lançam cloroquina como antiviral há anos. No início dos anos 90, os pesquisadores o propuseram como um complemento aos medicamentos inibidores da protease precoce para ajudar a tratar o HIV / AIDS. Uma equipe liderada por Stuart Nichol, chefe da Unidade de Patógenos Especiais dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças, publicou um artigo em 2005 dizendo que a droga era eficaz contra células primatas infectadas com SARS, o primeiro grande coronavírus respiratório a afetar seres humanos. É um teste in vitro, não animais vivos - apenas células. Nichol não respondeu a um pedido de comentário, mas um porta-voz do CDC enviou um e-mail: “O CDC está ciente de relatos de vários medicamentos sendo administrados para tratamento ou profilaxia para o COVID-19, incluindo aqueles que demonstram atividade in vitro contra o SARS-CoV- 2. Neste momento, é importante garantir que dados clínicos robustos, coletados em ensaios clínicos, sejam obtidos rapidamente, a fim de tomar decisões clínicas informadas sobre o manejo de pacientes com COVID-19. ” Em uma conferência de imprensa da Organização Mundial da Saúde em fevereiro, um repórter do grupo de verificação de fatos Africa Check perguntou se a cloroquina era uma opção. Janet Diaz, chefe de atendimento clínico do Programa de Emergências da Organização Mundial da Saúde, respondeu que a OMS estava priorizando alguns outros medicamentos nos testes junto com o remdesivir e reconheceu que os pesquisadores chineses estavam trabalhando ainda mais. "Para a cloroquina, não há provas de que este seja um tratamento eficaz no momento", disse Diaz. "Recomendamos que a terapêutica seja testada em ensaios clínicos eticamente aprovados para mostrar eficácia e segurança". A cloroquina e uma versão alternativa chamada hidroxicloroquina parecem funcionar contra vírus, inibindo um processo chamado glicosilação, uma transformação química das proteínas na camada externa do vírus que faz parte do processo de infecção. Pesquisadores chineses iniciaram talvez meia dúzia de ensaios randomizados das duas versões em humanos e obtiveram pelo menos alguns dados iniciais promissores. Com esses dados em mente, um pesquisador francês de doenças infecciosas chamado Didier Raoult publicou uma rápida revisão dos estudos in vitro existentes de cloroquina e hidroxicloroquina e (junto com alguns outros pesquisadores ) recomendou não apenas aumentar a pesquisa em humanos, mas também começar a usar os medicamentos clinicamente. (Raoult não retornou um pedido de comentário, mas um publicitário do hospital em que trabalha enviou um link para um vídeo no qual Raoult apresenta dados que ele diz mostrar eficácia em um pequeno grupo de humanos reais. Esses dados não foram publicados ou revisado por pares.) Exceto pelo vídeo, que ainda não havia sido lançado, Rigano montou tudo isso e entrou em contato com Todaro. "Essencialmente, escrevi a publicação com base em minha interface com vários pesquisadores de Stanford e outros, e desenvolvemos esse corpo de evidências e ciência hardcore", diz Rigano. “James, Dr. Todaro, estava fazendo o melhor trabalho, pensei, em qualquer pessoa da mídia, qualquer médico, qualquer agência de notícias, qualquer pessoa no Twitter, ao cobrir o coronavírus. Eu acompanho sua pesquisa em outros itens, como computação descentralizada, há vários anos. ” Todaro, que obteve um MD da Columbia e agora é um investidor de bitcoin, estava interessado o suficiente para colaborar no documento. "Eu adicionei coisas que pertenciam mais ao lado médico das coisas e dei uma sensação mais clínica, acho", diz Todaro. “Algo que a Big Pharma não vai gostar - está amplamente disponível, é bem barato e é algo que pelo menos um milhão de pessoas já está participando. Na verdade, existem muitos aspectos de algo que podem ser lançados rapidamente se os dados clínicos corretos estiverem disponíveis. ” Todaro e Rigano juntos começaram a conversar com Raoult sobre o pequeno estudo que ele estava preparando, e também chamaram um bioquímico aposentado chamado Tom Broker. Ele foi originalmente listado como o primeiro autor do documento do Google, seu nome seguido por "(Stanford)". Foi aí que Broker obteve seu doutorado, em 1972, mas Broker está há anos na Universidade do Alabama, em Birmingham. Sua área de pesquisa é o adenovírus e o papilomavírus humano, que têm DNA como material genético, em oposição ao RNA dentro dos coronavírus. Eles são bem diferentes. Broker diz que não estava envolvido na produção do documento do Google e nunca defenderia o uso de um medicamento sem testes formais. Todaro e Rigano, desde então, removeram o nome dele, a pedido de Broker. “Eu não contribuí, escrevi qualquer parte ou tive conhecimento deste documento do google.com.br. Nunca conduzi pesquisas sobre patógenos do vírus RNA. Não tenho credenciais ou autoridade profissional para sugerir ou recomendar ensaios ou práticas clínicas ”, escreveu Broker em um email. “Aparentemente, fui inserido como autor 'gratuito', uma prática que sempre evitei em meus 53 anos de carreira. Além disso, nunca envolvi nenhuma parte das mídias sociais, privada ou profissionalmente. Todas as minhas publicações científicas são processadas por meio de revisão por pares. Sugiro que você se comunique com um dos autores reais. Questionado sobre a declaração de Broker, Todaro diz que Broker simplesmente não queria se envolver com a atenção que a idéia e o documento estavam recebendo. “Eu não conheço pessoalmente Tom Broker. Minha correspondência foi com o Sr. Rigano ”, diz Todaro. "Quando começamos a receber informações da imprensa, minha impressão foi que o Sr. Broker ficou muito impressionado com isso". Rigano diz que também foi sua impressão. "Dr. Broker é um cientista da mais alta ordem. Ele não está acostumado a esse tipo de atenção da mídia, então nós meio que precisamos continuar sem ele aqui ”, diz Rigano. "Ele não está pronto para a mídia, se tornando uma celebridade." O documento de cloroquina que Todaro e Rigano escreveram espalhou quase - desculpe por isso - viralmente. Mas mesmo que algumas pessoas estejam dizendo que esse é um tratamento, ele ainda não foi submetido a um estudo de controle randomizado em larga escala, o padrão ouro para avaliar se uma intervenção médica como uma droga realmente funciona. Até que isso aconteça, a maioria dos médicos e pesquisadores diria que a cloroquina não pode ser nenhum tipo de bala mágica. “Muitos medicamentos, incluindo cloroquina ou hidroxicloroquina, trabalham nas células do laboratório contra os coronavírus. Foi demonstrado que poucos medicamentos funcionam em um modelo animal ”, diz Matthew Frieman, microbiologista que estuda terapêutica contra os coronavírus na Universidade de Maryland. O que acontece se você colocar os medicamentos em animais? Ninguém sabe ainda. Provavelmente nada de ruim, porque eles são usados há décadas. A ação da cloraquina, diz Frieman, “é conhecida há algum tempo por outros coronavírus, mas nunca se desenvolveu como terapêutica testada em humanos. Há razões para acreditar que isso vai mudar agora, junto com outras terapêuticas que têm eficácia no laboratório. ” Isso ocorre porque o novo coronavírus está incentivando a pesquisa a retomar praticamente qualquer coisa que já tenha mostrado algum efeito sobre os coronavírus, e algumas novas idéias também. Rigano diz que ele e Todaro estão agora realizando seus próprios ensaios clínicos, embora não esteja claro como eles pretendem coletar ou apresentar os dados. Eles esperam que os médicos se inscrevam como sujeitos e depois prescrevam a hidroxicloroquina para si mesmos enquanto tratam pacientes com Covid-19. Quando perguntado sobre o que seria o grupo de controle - médicos que pareciam pacientes que não tomaram o remédio, talvez? --Igano teve algumas idéias. “Você pode usar controles históricos, a taxa de médicos infectados que não usavam hidroxicloroquina regularmente. E se existem médicos que gostariam de participar do estudo que gostariam de não tomar hidroxicloroquina, eles também seriam excelentes controles ”, diz Rigano. “Ético, não queremos que ninguém contrate esse vírus. É realmente um design maravilhoso. ” Rigano diz que está conversando com a equipe de quatro hospitais australianos sobre a realização de um estudo maior e randomizado, depois de um com médicos voluntários. Rigano e Todaro sabem que um documento do Google compartilhado no Twitter não é o modo como a ciência geralmente é feita. Mas eles dizem que não há tempo a perder, que a pandemia está se movendo rápido demais para a ciência tradicional. "Isso levaria meses", diz Todaro. "Eu odiaria apostar em coisas que encontraríamos em meses ou em uma vacina que sai em meados do final de 2021". Eles não são os únicos com essas preocupações, é claro. O modelo mais recente do progresso do Covid-19 do Imperial College London apresenta o pior cenário de pior caso que envolve milhões de mortes, ou distanciamento e proteção social em todo o planeta por mais de um ano. A distância social pode dar aos hospitais uma chance melhor de acomodar e tratar os doentes, mas, com menos força, a doença simplesmente volta. As únicas coisas que mudariam esses resultados são vacinas ou medicamentos." Fonte: WIRED é onde o amanhã é realizado. É a fonte essencial de informações e idéias que fazem sentido para um mundo em constante transformação. - WIRED MAGAZINE LINKs: https://exame.abril.com.bciencia/o-que-e-a-cloroquina-remedio-promissor-contra-o-novo-coronavirus/ https://saude.estadao.com.bnoticias/geral,droga-usada-para-malaria-tem-resultado-positivo-contra-coronavirus,70003240466
submitted by loslan to coronabr [link] [comments]


2020.03.02 18:14 Mrbingshlong Bjs

Me lembro, ano passado, parei num pipoqueiro pra pedir uma provinha. (Geralmente levo pouco dinheiro e quando saio da faculdade fico com fome e sem dindin Pra comprar comida kkkk)
Eu não sei muito bem como, mas começamos a conversar. Ele me perguntou o que estudo (psicologia) então ele contou como ele acha que é balela e desnecessário etc. continuamos no papo e, embora no início achava que ele só falava besteira, quanto mais eu penso no papo, mais eu acho que ele tinha razão. Uma coisa que ele disse ficou preso comigo até hoje. Não me lembro o contexto, mas foi algo do tipo: “o ser humano e ganancioso e vive procurando a fruta proibida no mundo externo, sendo que sempre estava dentro de si, no interior”.
E essa é a mais pura verdade. Abusei muito desse sub. Vivo fazendo perguntas aqui e me desabafando. E de fato amo muito, eh bom porque você acaba conversando e socializado, vc acaba fazendo um monte de amizades, mesmo que alguns sejam efêmeras.
Mas parece que eu vivo em busca de sentido. De validação, confirmação, aprovação de que aquilo que quero dizer e aquilo que quero fazer, seja a escolha certa. Que alguém por aí, mesmo sendo um joao minguem, concorda comigo. Costumo desconfiar da minha voz interior. Eh como se a criança interior aguardasse alguma ordem ou pedido para agir. Percebi como continuo dependendo de afirmações para progredir, em vez de, bom... simplesmente ir e tentar fazer.
A verdade é que não temos como saber como as coisas se desenrolarão. Não tenho como prever o que acontecerá até o final do ano de 2020.
A única coisa que sei de verdade é que não posso continuar reclamando e me desabafando aqui sendo que nunca me movo em direção à progressão. Só vivo falando que vou, mas raramente vou. E quando vou, já quero ir embora. (Aliás.. acho que todas essas férias fiquei o dia inteiro em casa, deitada na cama e assistindo filmes. Até que foi muito bom.)
Mas como vai ser se eu continuar assim? Sempre esperando algo. Alguém. Nunca ser a primeira a simplesmente se mover. Preferir me manter enquadrada naquilo que acredito que sou, por medo de sobressair. Por medo de falhar ou por medo de evoluir? Por medo da incerteza. Por medo de quebrar a cara. Por medo de passar vergonha. Por medo de ser vista. Por medo de existir. Ser o centro da minha atenção. Não no sentido pejorativo. Mas começar a simplesmente ser, pra mim. Por mim.
Quantas listas que já fiz, de coisas que digo que quero fazer mas nunca faço. Por que? Vivo repetindo o mesmo padrão. Continuo viciada na internet. Mas não boto o pau na mesma e começo a ser. E é muito mais fácil reclamar, mas a verdade é que sempre há uma escolha; livre arbítrio e algo que todos nós temos e renunciamos ou então fingimos que não existe mas sou que eu sempre escolho ficar presa. Estagnada. Não e minha mãe. Não é a faculdade. Não é o prédio. Não é o apartamento. Não e a rua. Eu.
E como o pequeno príncipe disse: “o adulto nunca está feliz aonde está”. E não é nem o fato de não ser grata por aquilo que tenho, e o fato de não querer assumir responsabilidade por mim mesma.
Essa que e a doideira. Geração canguru. O povo que não quer ser dono de si. Que reclama da solidão mas não sai de casa nem pra comprar papel higiênico. Que tá tão preocupada em salvar o mundo mas é incapaz de arrumar o próprio quarto - essa sou eu.
E entre muitos, tendo a perambular pelo mundo de meia boca, esperando a morte seguramente. Não arrisco então não sofro, mas também não desfruto.
Mas tá na hora de começar. Só ir. Quem disse que precisa ser perfeito? Fazer tudo aquilo que gosto de fazer e rejeitar com graça tudo aquilo que desgosto.
Afinal temos a escolha, não é? Tudo de ruim que acontece na vida pode ser um fardo ou uma benção. Como disse Albert einstein (se é que realmente disse: “em meio de dificuldade há oportunidade.” Uma oportunidade de recomeçar. Uma oportunidade de mudar de direção. Afinal só temos uma vida. De fato.. só uma vida. Uma única. E viver bem não e fazer sexo adoidado, ir em festas todo o final de semana e se desgastar até você um dia descobrir que ta com câncer de fígado kkk não... Viver bem e finalmente assumir a si mesmo, e é fazer tudo aquilo que te traz prazer e te faz desenvolver, mesmo que não seja perfeito de hoje para amanhã, e é algo que tenho prorrogado por décadas.
Sinto que esse é o mal da nossa geração: queremos tudo pronto pra ontem. Quero acordar amanhã e ter a vida perfeita. Mas as coisas mais belas e duradouros precisam de tempo pra florescer. Exigem trabalho. E paciência é uma virtude que certamente ainda não aprendi a ter, mas é algo que gostaria de ter. Sem desafios não ha lições e sem lições não amadurecemos.
Pra concluir, Uma coisa é certa: não posso continuar minha vida toda me escondendo, principalmente de mim mesmo. Não posso continuar temer sentir dor, vergonha, feiúra, exclusão, seja o que for. As coisas não irão progredir enquanto eu só fico sentada no sofá assistindo vídeos no YouTube do tipo “como parar de procrastinar”. Não posso continuar dizendo que quero mudar, e não mudar. Só da pra mudar, fazendo.
Nao posso continuar minha vida temer ser rejeitada e portanto, me rejeitar primeiro. Ou temer de ser abandonada, e portanto, me abandonar primeiro. Preciso começar a não me abandonar e rejeitar, de verdade, e não de boca pra fora.
Dor e prazer - são dois lados da mesma moeda. Não podemos ter um e excluir ou outro, pois então o prazer não passa de uma anestesia. Um band aid. Uma pretenção.
Mas dor não e sinônimo de sofrer. Dor e inevitável. Sofrer é uma escolha.
Só porque sentimos a dor da perda, não quer dizer que não valeu a pena que uma vez já foi nosso. Porque pra mim, valeu sim a pena. Minha irmã morreu há quase 5 anos atrás e eu só sinto gratidão por ter conhecido ela. Valeu a pena. Conheci um cara (eh Chico to falando de vc) aqui msm e embora a gente não se fala mais, valeu a pena ter conhecido ele. Sempre vale a pena. (E eu talvez passei muita vergonha me expondo pra ele mas faria tudo de novo.)
Num sei aonde quero chegar com esse texto, e to achando que ninguém vai ler msm, mas preciso de fato começar. E abuso desse sub de novo pra concluir. Acho q vai ser o ultimo por agora. Eu preciso parar de procurar validação externa. Confiar na minha voz interior porque agora sei que eu sou confiável. Sempre terei a melhor intenção comigo mesma (se isso faz algum sentido). Mas sla.. no final do dia parece que temer viver é temer sentir dor e temer sentir dor é temer morrer. Mas a morte é o destino. Não tem como pressionar um botão que congele o tempo.
Assim como as árvores não lamentam as folhas caídas e a maçã não teme apodrecer, só vai. Permitir que as coisas se desdobram do jeito que desdobram. Se entregar por completo. Porque viver a vida escondida não passa de suicídio passivo.
Eh aquele ditado não eh, amor fati.
Ps; lamento pelos erros gramaticais n
Bjs
submitted by Mrbingshlong to desabafos [link] [comments]


2020.03.01 14:07 BokoMoko Como um filme pode mexer com a gente ?


Adoro cinema.

Cinema faz a gente viver experiências que não teríamos chance. Diverte, nos leva a pensar mas principalmente faz a gente sentir. Adrenalina, medo, alegria, risadas, dor.

Alguns filmes marcam a gente e ficam na memória.

Alguns filmes são tão bons que merecem ser vistos novamente. E filme bom não tem idade.

Um dos filmes que mais me marcou na juventude foi "The killing fields" de 1984 que conta a história dos horrores da Guerra do Camboja e do regime comunista radical do Khmer Rouge (do monstro Pol Pot).

O filme é baseado na história verdadeira de dois jornalistas, um americano e outro cambojano que cobrem os últimos dias antes da ascensão ao poder do Khmer Rouge. O jornalista americano é evacuado para os EUA assim que o novo regime se instala. Seu colega e amigo cambojano não tem a mesma sorte.

No típico regime comunista orwelliano, ser jornalista é uma sentança de morte. Apesar dos esforços dos amigos americanos para salvá-lo, o colega cambojano vai passar por todos os horrores que o regime totalitário levou ao povo do Camboja. Depois de muitas reviravoltas, (spoiler) ele sobrevive.

A história relatada no filme já é emocionante por si só. O ator cambojano que interpreta o jornalista ganhou o Oscar de melhor ator coadjuvante.

A história do próprio filme é ainda mais impressionante, mostrando como a vida real pode ser mais fantástica do que a capacidade de imaginação do autor mais delirante.

O ator que interpreta o jornalista cambojano, Doutor Haing S Ngor, na verdade era médico lá no Camboja e passou por coisa ainda pior do que o jornalista que ele interpretou.

Mas ainda tem mais. O médico nunca havia atuado e nunca teve instrução em técnicas de interpretação.
Mas ainda tem mais! Dr Ngor ganhou o Oscar e com a fama e fortuna criou uma fundação de apoio a refugiados cambojanos. A fundação mantém duas clínicas e um hospital.

E por incrível que pareça ainda tem mais!!! A esposa e filhos do Dr Ngor foram assassinados pelo regime de Pol Pot. Ele refugiou-se nos Estados Unidos e em 1996 foi assassinado na garagem de sua casa. Três membros de uma gang de asiáticos foram condenados e cogitou-se inclusive que Pol Pot havia encomendando o assassinato. Nada foi comprovado. Seu corpo foi encontrado pela polícia juntamente com 2900 dólares em dinheiro e um relicário que Dr Ngor usava o tempo todo que continha a foto de sua esposa.

Pol Pot morreu dois anos depois em 1998.

O jornalista cambojano, Dith Pran, tornou-se fotógrafo do New York Times e quando soube da morte do atomédico/refugiado/herói/amigo ficou desolado. "Dr Ngor era meu irmão gêmeo".

Assisi esse filme há 35 anos. Hoje o assisti novamente. E me emocionei tanto ou mais do que na época em que o assisti pela primeira vez. Com a facilidade da internet, pesquisei o paradeiro dos envolvidos no filme e aí sim me emocionei ainda mais. Foi quando soube da morte de Dr Ngor.

Compartilho com vocês essa história porque ela tem tudo a ver com o que estamos passando no Brasil hoje em dia.

Não.

Não estamos passando por uma guerra fatricida tampouco estamos ameaçados por um regime comunista sanguinário (demonizado pela direita).

Mas estamos sim ameaçados pelo totalitarismo e intolerância de um governo regido por ignorantes.

Uma característica comum dos regimes totalitários, seja de que espectro ideológico for, é que tais regimes empoderam a ignorância.

Uma das primeiras coisas que o Khmer Rouge fez ao assumir o poder foi atacar de forma bárbara todo e qualquer vestígio de instrução, educação, esclarecimento e conhecimento. A guiza de começar uma nova era para o povo do Camboja, a turba de ignorantes que apoderou-se do poder promoveu o expurgo da intelectualidade. Médicos, jornalistas, professores, cientistas, artistas e qualquer um que ousasse sequer contestar, questionar o poder "constituído".

Em tudo isso é semelhante ao que vivemos hoje no Brasil. A ignorância oficial é enaltecida. O bárbaro se identifica com o governante, que incapaz de montar uma equipe de governo digna, apela por recrutar pessoas ainda mais ignorantes. Como um Pol Pot de direita.

Regime autoritário liderado por energúmenos não tem ideologia. Não importa se são de esquerda ou de direita. São todos abomináveis.

Isso já aconteceu aqui no Brasil após o golpe de 1964. Relatos que me chegam em primeira mão contam como pessoas desajustadas e ridicularizadas ANTES do golpe, por circunstâncias fortuitas, foram guindadas ao micro-poder. Imediatamente cometeram abusos de denunciando as pessoas que antes o ricularizavam.

Imagine aquela pessoa que sofreu bulying no colégio, que era humilhada. Aquele trabalhador que foi abusado pelo patrão. No novo regime, estes serão empoderados para azar dos que o segregaram.

Ao povo do Camboja não havia muito o que fazer. Um ditado cambojano diz "Se você é forte, faça-se temido. Se você é fraco, faça-se apiedado".

Ao povo do Brasil ainda resta a alternativa: Não se submeter. Deixar bem claro a esse governo que o povo brasileiro é forte!
submitted by BokoMoko to brasil [link] [comments]


2020.02.16 18:53 MoreOne [Discussão] Obras públicas brasileiras não são superfaturadas - são mal planejadas.

É uma distinção importante, entrando no ditado do "Não atribuia malícia o que pode ser justificado como incompetência". Como engenheiro e funcionário público, acredito estar qualificado para dar uma opinião no assunto, e ajudar a entender melhor o que ocorre.
Pra quem não sabe (?) existe uma noção comum de que toda obra pública é naturalmente superfaturada, demora anos para ser realizada, e quando finalmente é entregue, é mal-feita. Os raros casos que não são, estão dentro de regimes de concessão ou não passam pelas mãos do poder público de qualquer maneira além dos pagamentos realizados.
Pois bem. Numa obra de qualquer tipo, a maior parte do tempo deveria ser dedicada ao projeto, para que fossem evitados retrabalhos e pudesse ser feito um cronograma de execução enxuto e bem-pensado, reduzindo gastos. Dentro desse prazo, estaria a captação de informações como geologia, topografia, pesquisa de mercado de materiais, avaliação do problema, custo-benefício, cronograma de desembolsos... Após a contratação, existem alterações necessárias e abordagens distintas que devem ser adotadas no decorrer da obra, por fatores inesperados e impossíveis de serem previstos.
Mas raramente você tem tempo pra desenvolver um projeto dentro da esfera pública: os recursos são captados e precisam ser gastos, de alguma maneira. Se não gastar, tem que devolver, e um processo licitatório toma, por si só, uns 3 meses entre publicação e a ordem de serviço (Numa obra civil de tamanho razoável). Além da falta de tempo, é raro ter todas as informações de antemão. Como falei em outro post, tenho feito projetos de drenagem, mas eu não tenho nenhuma informação das tubulações já enterradas.
Não acaba aí: processos de aceleração do tempo de projeto, como alguns programas específicos, dificilmente são adquiridos pela esfera pública. Se tem o programa, não tem o computador que roda (Embora essa última parte, já que os computadores não estão tendo ganhos de performance tão absurdos, não tem sido tanto mais o problema). E licitar os projetos? Bem, quando você paga pelo projeto mais barato, você nunca recebe o melhor projeto. Não raro, muitos projetos se tornam inutilizáveis, mas são aceitos por causa de editais mal feitos, que também não teve o tempo necessário pra se desenvolver. Ter um banco de projetos? Quando as condições mudam o tempo todo, é impossível ter um pacotinho fechado de um projeto que só precisa do recurso. Preços mudam, cotações ficam invalidadas, método construtivo é alterado, as mil decisões de projeto recebem outros resultados, a pessoa que desenvolveu o projeto não está mais disponível...
Dou um exemplo: o FNDE tem alguns projetos-padrão de creche e escola. Ele faz isso já tem muitos anos. O projeto é bem detalhado, todas as informações necessárias são apresentadas, em mais de 100 pranchas pra uma construção de ~1500m2. Só precisa atualizar o preço, decidir o tipo de fundação e a voltagem-padrão, e "acabou". Exceto que as normas do corpo de bombeiro mudam de estado pra estado. E as regras da vigilância sanitária. E a viabilidade de instalação em terrenos é limitada. E alguns materiais utilizados em projeto não são encontrados em todo o Brasil. E o projeto, na sua terceira ou quarta revisão, ainda apresenta erros e inconsistências. Ou seja: mesmo um programa nacional com investimentos na ordem das centenas de milhões não consegue escapar dos problemas de obras.
O que isso significa, quando ocorre a contratação? Bom, quase que imediatamente, o empreiteiro levanta suas dúvidas. Deveria levantar durante o processo licitatório, mas não faz isso porque não vale a pena entender o projeto antes de ser contratado. Sim, empresas ganham obras na base do chutômetro, em sua maioria, sem entender todos os detalhes da obra. Enfim, algumas dessas dúvidas são cruciais pro andamento do projeto: não dá pra fazer parede se a fundação não tá definida. A equipe de projetos, já atolada de outros recursos pra se dedicar, costuma mandar um "faz o que você achar melhor e a gente faz um aditivo pra resolver".
E assim anda a obra, com o empreiteiro tocando como bem entende, e gera um aditivo no final. Às vezes mesmo durante a obra, porque apesar de ser quebra de contrato, nenhum ente público quer a dor de cabeça de parar a obra e recontratar em mais um processo licitatório. Só que, como a obra já não foi bem-pensada de princípio, o resultado que já seria ruim fica ainda pior com as "alterações necessárias".
Qual seria a solução? A única que eu consigo pensar é a de ter equipes muito maiores para projeto e fiscalização. Mas muito, muito maiores. O que não ocorre por causa de, entre muitos motivos, teto de gastos com funcionário público. É necessário um histórico de organização interna, mas é impossível fazer isso quando a gestão muda tudo a cada 2 ou 4 anos. Existe uma necessidade dos eleitos entenderem como funciona o processo e como fazer as coisas acontecerem de maneira mais suavizada, mas o interesse é sempre em voto, mais nada. E não é como se o problema fosse unicamente brasileiro, embora nós tenhamos nossa própria maneira de piorar algumas coisas.
Nesse clima caótico, falcatruas diversas acabam ocorrendo, mas estão ficando mais raras com o trabalho que os tribunais de contas e demais órgãos públicos têm feito. Então, o único custo extra que tem ficado nas obras públicas é o custo da incompetência. Não por causa da pessoa, ou por falta de aviso, mas por falta de tempo e recursos. E acho difícil eu, como funcionário, quebrar essa rotina.
Enfim, foi mais desabafo que explicação, mas me ajudou a coordenar alguns pensamentos.
submitted by MoreOne to brasil [link] [comments]


2020.01.10 03:48 altovaliriano Os Webber scretamente apoiavam os Blackfyre?

A marca da história de A Espada Juramentada é assistirmos uma disputa territorial a partir do ponto de vista do lado perdedor. Não sabemos desde o início que a pretensão de Eustace é ilegal, por isso somos levados a considerar a falta de razoabilidade do outro lado. E Rohanne parece tudo menos razoável quando, em meio à seca, nega à população do território vizinho o acesso a um rio que passava por ali.
Ao final da história, depois de entendermos que o poder dos Webber sobre o rio deriva do fato de que a Casa Osgrey de Pousoveloz apoiou a fracassada Primeira Rebelião Blackfyre, o panorama muda. Isso é suficiente para que o próprio Dunk abandone Eustace à sua sorte, por exemplo. Aparentemente, ter sido um apoiador dos Blackfyre é suficiente para que todo seu infortúnio seja justificado.
Mas e se a dicotomia Targaryen x Blackfyre não estiver realmente espelhada na disputa Webber x Osgrey? E se os Webber também tenham sido apoiadores Blackfyre, mas tenham mudado de lado e suprimido este fato para não sofrer as consequências experimentadas pelos Osgreyde Pousoveloz?
Essa teoria já foi proposta por vários leitores das Crônicas, mas acredito que eu estou apresentando aqui, pela primeira vez, os argumentos e evidências de forma organizada e articulada.

Um nome incomum

Assim, como a Rebelião de Robert não foi iniciada em razão de seu amor por Lyanna, a Rebelião Blackfyre não foi surgiu por conta dos sentimentos entre Daemon e Daenerys. Mas é certo que ambos os rebeldes compartilham o fato de terem sido impedidos pelos Targaryen de se casarem com quem pretendiam.
Uma pequena observação: no caso de Daemon, é curioso pensar que o Targaryen que o impediu de casar com quem bem entendesse foi exatamente o mesmo Targaryen que supostamente lhe mimava: seu pai, Aegon IV Targaryen, O Indigno. Realmente, como diz o ditado, "a mão que afaga é a mesma que apedreja".
Deixando de lado a relação pai-filho, o que nos interessa aqui é a identidade da noiva que Aegon impôs a Daemon quando ele ainda era criança:
Embora não pudesse ‒ e não quisesse ‒ rescindir o último desejo do pai, Daeron fez o possível para manter os Grandes Bastardos por perto, tratando-os de forma honrada e garantindo os rendimentos com os quais o rei os agraciara. Pagou o dote que Aegon prometera ao Arconte de Tyrosh, vendo, assim, seu meio-irmão Daemon Blackfyre casado com Rohanne de Tyrosh, como Aegon desejara, ainda que Sor Daemon tivesse apenas catorze anos.
(TWOIAF, Os Reis Targaryen: Daeron II)
O nome Rohanne é muito incomum no universo de ASOIAF. Na verdade, mesmo 17 anos depois de ter lançado A Espada Juramentada, as únicas outras Rohanne mencionadas nos livros são Rohanne Tarbeck e Rohanne de Tyrosh. Se levarmos em conta que a Tarbeck pode ter recebido este nome em homenagem à Rohanne Webber (segundo uma fonte semi-canônica), percebemos que ao tempo da Primeira Rebelião Blackfyre só conhecíamos duas Rohannes, uma em Westeros e outra em Essos.
Coincidência? Bem, se for, ela só aumenta ao analisarmos a linha do tempo.
Sabemos que Daemon nasceu em 170 DC e que tinha 14 anos quando casou-se com Rohanne de Tyrosh, a futura mãe de todos os seus filhos. Dessa forma, o casamento deve ter ocorrido por volta do ano 184 DC.
Já Rohanne Webber tinha 10 anos durante a Primeira Rebelião (196 DC) e 25 anos durante A Espada Juramentada (211 DC), o que faz com que seu nascimento deve ter ocorrido em 185 ou 186 DC. Portanto, ao menos um ano depois do casamento de Daemon e Rohanne de Tyrosh.
Seria exagero supor que Wyman Webber teria batizado sua filha em homenagem à esposa de Daemon? Certamente, alguém poderia alegar que Daemon, aos quatorze anos, poderia não inspirar o tipo de lealdade que motiva este tipo de ato. Afinal, Daeron estava vivo e era o herdeiro ao trono. Este tipo de coisa poderia soar como um insulto, certo? Na verdade, não.
Aegon IV já insultava seu herdeiro abertamente quando Daemon não havia feito sequer 4 anos de idade. De fato, pouco antes da fracassada invasão à Dorne em 174 DC, Aegon IV era conhecido por alimentar rumores de que Daeron não era filho seu (ainda que os negasse em público):
As brigas do rei com seus parentes próximos ficaram ainda piores depois que seu filho Daeron cresceu o suficiente para expressar suas opiniões. Vidas de Quatro Reis, de Kaeth, deixa claro que as falsas acusações de adultério da rainha, feitas por Sor Morgil Hastwyck, foram instigadas pelo próprio rei, embora, na época, Aegon negasse. Essas alegações foram refutadas pela morte de Sor Morgil em um julgamento por combate contra o Cavaleiro do Dragão. Que essas acusações tenham parecido na mesma época em que Aegon e o príncipe Daeron estavam brigando por causa dos planos do rei de iniciar uma guerra não provocada contra Dorne certamente não foi coincidência. Também foi a primeira vez (mas não a última) que Aegon ameaçou nomear um de seus bastardos como herdeiro, em vez de Daeron.
(TWOIAF, Os Reis Targaryen: Aegon IV)
Por outro lado, o insulto máximo a Daeron e a exaltação máxima a Daemon já havia acontecido 2 anos antes do casamento com Rohanne de Tyrosh, quando o bastardo ainda tinha 12 anos:
O rei Aegon consagrou Daemon cavaleiro aos doze anos, quando o menino venceu um torneio de escudeiros (com isso, ele se tornou o cavaleiro mais jovem da época dos Targaryen, superando até Maegor I), e chocou a corte, os parentes e o conselho ao lhe conceder a espada de Aegon, o Conquistador, a Blackfyre, assim como terras e outras honrarias. Daemon assumiu o nome de Blackfyre depois disso.
(TWOIAF, Os Reis Targaryen: Aegon IV)
Dessa forma, não seria de estranhar que os senhores de Westeros já se sentissem à vontade para bajular Daemon quando ele ainda tinha 14 anos, por enxergarem nele um potencial concorrente de Daeron ao Trono de Ferro.

De amigos a não-amigos

Uma vez que tenhamos entendido a estranheza de Wyman Webber ter batizado sua filha com o nome da mulher recém-casada com Daemon, outro fato aparentemente desconexo começa a chamar a atenção.
Ela se ajoelhou diante das amoreiras e começou a chorar, e ele ficou tão tocado que foi confortá-la. Passaram a noite toda conversando sobre o jovem Addam e o nobre pai da minha senhora. Lorde Wyman e Sor Eustace eram antigos amigos, até a Rebelião Blackfyre.
(A Espada Juramentada)
À primeira vista, a frase em negrito parece indicar, implicitamente, que Wyman e Eustace brigaram porque divergiam sobre a legalidade da pretensão de Daemon Blackfyre. Porém, é preciso observar que bastaria que um dos lados cortasse contato para que a boa relação cessasse. Dito de outra forma, pode ser que Wyman não tivesse nada contra Eustace, mas que apenas Eustace tivesse rancor de Wyman por ter lutado ao lado dos assassinos de seus filhos.
Eustace não deve ter se transformado em um apoiador dos Blackfyre da noite pro dia, às vésperas da Rebelião. Este é o tipo de transformação que leva tempo. E 14 anos separam a entrega de Blackfyre a Daemon (em aproximadamente 182 DC) e a Primeira Rebelião Blackfyre (ocorrida em 196 DC).
Como ficaram a relação entre Wyman e Eustace durante estes anos? Que tipo de conversas eles mantiveram depois que Daeron se casou com Myriah Martell e batizou seu filho em homenagem ao Rei Baelor (por volta de 170 DC)? Ou Aegon IV deu Blackfyre a Daemon (por volta de 182 DC)? Ou Daenerys casou com Maron Martell (em 188 DC)?
Vejam bem, não estou apenas citando ao acaso um bando de eventos. A justificativa de Eustace para apoiar Daemon efetivamente se baseia nestes eventos:
– Sim, meu senhor. Só que... o Rei Daeron era um bom homem. Por que escolheu Daemon?
– Daeron... – Sor Eustace quase arrastou a palavra, e Dunk percebeu que o velho estava meio bêbado. – Daeron era esguio e de ombros caídos, com uma barriguinha que balançava quando ele caminhava. Daemon andava ereto e orgulhoso, e seu abdome era tão reto e duro quanto um escudo de carvalho. E ele lutava. Com um machado, uma lança ou um mangual, era tão bom quanto qualquer cavaleiro que já vi, mas, com a espada, era o próprio Guerreiro. Quando o Príncipe Daemon estava com a Blackfyre nas mãos, não havia homem páreo para ele... nem Ulrick Dayne com a Alvorada, não, nem mesmo o Cavaleiro do Dragão com a Irmã Negra. É possível conhecer um homem por seus amigos, Egg. Daeron se cercava de meistres, septãos e cantores. Sempre havia mulheres sussurrando em seu ouvido, e a corte estava cheia de dorneses. Como não, se ele levara uma mulher dornesa para sua cama e vendera a própria doce irmã para o Príncipe de Dorne, embora fosse Daemon quem ela amava? Daeron tinha o mesmo nome do Jovem Dragão, mas quando sua esposa dornesa lhe deu um filho, ele chamou a criança de Baelor, como o rei mais fraco que já se sentou no Trono de Ferro. Daemon, no entanto... Daemon não era mais devoto do que um rei precisa ser, e todos os grandes cavaleiros do reino se reuniam ao seu redor. Convém a Lorde Corvo de Sangue que os nomes de todos eles sejam esquecidos, então ele proibiu que cantássemos sobre eles, mas eu me lembro. Robb Reyne, Gareth, o Cinza, Sor Aubrey Ambrose, Lorde Gormon Peake, o Negro Byren Flowers, Presa Vermelha, Bola de Fogo... Açoamargo! Eu lhe pergunto, já houve uma companhia tão nobre, tal rol de heróis? Por quê, rapaz? Você me pergunta por quê? Porque Daemon era o melhor homem. O velho rei viu isso também. Ele deu a espada a Daemon. Blackfyre, a espada de Aegon, o Conquistador, a lâmina que todo rei Targaryen empunhou desde a Conquista... ele colocou a espada na mão de Daemon, no dia em que o sagrou cavaleiro, um garoto de doze anos.
(A Espada Juramentada)
Assumindo que as queixas de Eustace foram crescendo ao longo de 14 anos, é de se esperar que Wyman Webber deveria ter uma estranha tolerância à Eustace. A estranheza somente aumenta se considerarmos que Wyman tomou Addam, o filho de Eustace, como pajem e escudeiro em Fosso Gelado. Tendo Addam morrido ao 12 anos na Batalha do Capim Vermelho (ocorrida em 196 DC), fica evidente que Wyman e Eustace tiveram sua relação mais próxima justamente nos anos que precederam a Rebelião Blackfyre.
Some-se a isso o nome com o qual batizou sua filha, e temos um prato cheio de estranhezas.
Mas, então, por que Wyman lutou contra o dragão negro? Vários fatores podem ter levado a isto. Ele pode ter sentido, às vésperas da Rebelião, que o lado de Daemon sairia perdedor. Ou poderia ter sido persuadido com a promessas de terras e recursos. Ou pode ter sido ambas as coisas. Não é O Trono de Ferro não garantiu aos Webber o uso de propriedades que eram antes dos Osgrey, mas apenas por determinado período de tempo e apenas se Eustace não tivesse mais filhos?
– Que palavras estavam escritas naquele papel?
– Era uma garantia de direitos, sor. Para Lorde Wyman Webber, do rei. Pelos serviços leais dele na rebelião recente, Lorde Wyman e seus descendentes tinham garantidos todos os direitos sobre o Riacho Xadrez, desde a nascente na Colina Ferradura até a foz, no Lago Frondoso. Também diz que Lorde Wyman e seus descendentes têm o direito de caçar veados vermelhos, javalis e coelhos no Bosque de Wat sempre que desejarem, e de cortar vinte árvores do bosque a cada ano. – O garoto limpou a garganta. – A garantia é só por um tempo, no entanto. O papel diz que, se Sor Eustace morrer sem um herdeiro do sexo masculino do seu sangue, Pousoveloz reverterá para a coroa, e os privilégios de Lorde Webber acabarão.
(A Espada Juramentada)
Analisando-se a recompensa aos Webber e a punição aos Osgrey, vê-se que ela foi equilibrado e proporcional o suficiente para que a balança não pesasse exageradamente para nenhum dos lados. Isso inclusive torna verossímil o comportamento de Eustace em culpar o Trono de Ferro pelo seu infortúnio, sem nunca acusar a Casa Webber de ser oportunista.
Em verdade, toda o rancor de Osgrey é direcionado à Viúva Vermelha, sem nunca fazer qualquer comentário contra Lorde Wyman, a pessoa que efetivamente ficou com as propriedades perdidas por Eustace.

O que vcs acham?
submitted by altovaliriano to Valiria [link] [comments]


2019.12.23 17:46 cartascompedro Simpatias de ano novo

Todos os anos, durante o réveillon, Muitas pessoas fazem algum tipo de magia, ritual ou simpatias de ano novo para trazer boas vibrações para o próximo ano.
A ideia é entrar com pé direito no ano que se que se inicia, e o ser humano através da magia das simpatias conseguem construir pontes mais sólidas para ter fé em suas intenções e projetos, e acredite, isso ajudo muito!
Uma coisa que sempre falo, intenção é tudo dentro da magia e da espiritualidade...
2019 passou voando, Alegrias, tristezas, conquistas e frustrações fazem parte de um ano marcado por diversas batalhas, não podíamos esperar menos de um ano com a energia de Ogum.
Vivenciamos o período que se encerra o ano uma ótima oportunidade para rever o ano que passou: as coisas boas e ruins, os acertos e erros e o que é necessário melhorar e manter. Mas, principalmente, fazer novos planos para um novo ciclo que se inicia.
As simpatias de ano novo são muito procuradas, pois todos nós queremos ter um ano feliz cheio de fartura seja na saúde ou financeiramente, não é verdade?
Como diz o velho ditado: Ano Novo, vida nova! E é exatamente por isso, que hoje trago algumas simpatias infalíveis para entrar com o pé direito no ano de 2020.
É necessário que tenhamos em nosso coração o profundo desejo de que o Ano Novo seja diferente, coroado por muita paz, amor, fraternidade, comunhão, saúde e felicidade.
E claro...
É necessário ter fé, é necessário pedir a Deus que tenhamos coragem e força para fazermos todas as mudanças necessárias para que o ano vindouro traga mudanças imensamente positivas na sua vida.
Vamos às simpatias para ano novo?
Simpatia de ano novo para ganhar dinheiro em 2020
Chupar sete sementes de romã na noite do ano novo de 2020 e guardá-las, Lembre-se de embrulhar as sementes de romã em um papel e guardar esse pacotinho na carteira ao longo do ano de 2020;
Não deixe de comer lentilha na ceia ou no réveillon, além de nutritiva, é tradicionalmente tida como um imã de prosperidade;
Lembre-se de espalhar alguns punhados de arroz por todos os cantos da sua cozinha (afinal é dentro dela que se encontra sua prosperidade), Enquanto espalha o arroz cru, mentalize o seu desejo de prosperidade e fartura. Não esqueça de retirar o arroz no dia 6 de janeiro, (Dia de Reis), e colocar em uma planta que cresça bastante, para que sua vida cresça junto !
Uma forma fácil de atrair dinheiro é com o próprio dinheiro, como diz o velho ditado, dinheiro atrai dinheiro, coloque uma nota de dinheiro dentro sapato para passar a Virada.
Escolha uma roupa amarela para a ceia, o amarelo é a cor da fartura.
Veja também: significado das cores para o ano novo
Simpatias de ano novo para ter sorte no amor em 2020
Compre um quartzo rosa e no momento da virada segure-a colocando todas suas intenções e desejos de realização no campo amoroso, No dia 1º deixe a pedra ao sol, recolha antes do sol ir embora e deixe próximo da sua cabeceira de cama. Anote o nome dele ou dela sete vezes em um papel e guarde-o no sapato do pé esquerdo. À meia-noite do dia 31, bata o pé sete vezes no chão, repetindo o nome dele a cada pisada;
Coloque algumas pétalas de rosas vermelhas junto com algumas gotas do seu perfume favorito e uma colher de sopa de mel. Misture em dois litros de água fervente, coloque em um recipiente de vidro e espere esfriar. Coloque agora as pétalas de sete rosas vermelhas e jogue a mistura do pescoço para baixo antes do banho, pedindo que um amor verdadeiro apareça para você. Tome banho normalmente e não conte a ninguém que fez a simpatia;
Lembre-se que se quer ter sorte no amor no ano de 2020 a primeira pessoa que você deve abraçar para dar feliz Ano Novo deve ser do sexo oposto;
Use roupas íntimas novas durante a virada. De preferência nas cores rosa ou vermelha.
Simpatias de ano novo para ter Saúde em 2020
Na manhã do dia 31 de dezembro, separe um punhado de folhas de eucalipto, melissa e hortelã. Lave-as bem, ferva em dois litros de água e coe. Quando estiver morno, depois de tomar banho, jogue essa água no corpo do pescoço para baixo dizendo: “Ano Novo, novos tempos. Que a saúde boa venha e, com alegria, que Deus a tenha”.
Enxugue-se com uma toalha branca e continue usando-a normalmente. Se quiser, jogue as sobras do banho em um jardim florido;
Use roupas verdes na festa de Ano Novo.
Simpatias de ano novo para boa sorte em 2020 Coma 12 uvas
Na Espanha existe um tradicional costume de comer 12 uvas nos primeiros segundos após a meia noite do dia 1º de janeiro. Os espanhóis acreditam que esse ritual traz boa sorte.
Antigamente as uvas eram comidas junto com cada badalada da meia-noite, mas como atualmente é difícil encontrar igrejas que mantenham essa tradição, os “fiéis” criaram adaptações. A mais comum é comer uma uva por minuto.
Simpatias de ano novo para resolução de problemas
Colocar fogo nos problemas. É bastante simples e muito se assemelha a um ritual de banimento. Anote em um papel tudo de ruim que aconteceu em 2019. Quando terminar, basta colocar fogo nesse papel, pedindo ao universo que faça o banimento de todas as energias que te bloquearam.
Simpatias para o ano novo de 2020
Simpatias populares
Se o seu objetivo é viajar muito, durante as primeiras horas desse novo ano, Faça as malas, sente perto dela e intencione, quando e onde em meditação.
Lembre se das cores das peças intimas que vai utilizar, este é um dos rituais mais comuns da virada do ano. Seus objetivos podem ser alcançados através da cor de sua lingerie. Atraia o amor com uma lingerie vermelha ou saúde com uma calcinha verde. Mas não se esqueça, seja qual for a cor, você deve usar peças íntimas novas.
Afaste qualquer tipo de energia negativa, azar, invejas e mau-olhado, vibrando muito ! Durante os doze primeiros minutos do Ano Novo faça muito barulho: grite, toque algum instrumento musical, toque sinos, enfim…
Para ter um ano doce, exatamente à meia-noite, coma um doce com bastante açúcar (caso você não tenha problemas com a glicose).
Espero que tenham gostado e não esqueça de compartilhar com as pessoas que você quer ver bem em 2020
submitted by cartascompedro to u/cartascompedro [link] [comments]


2019.12.02 19:28 AXDay680 O Verdadeiro Significado Da Falta Na Escola

A Escola sempre foi um Inferno
Muitos acham como meus pais que tudo é preguiça minha
Que Nada não Gosto de lá
Pois é aquele ditado você se sente Solitário quando Encontra Pessoas opostas
Não digo Gostos Pessoais como música ou outra coisa
E Sim O Jeito Em Si
Se Descobriu que sou Antissocial Acertou
submitted by AXDay680 to u/AXDay680 [link] [comments]


2019.11.18 19:40 marciofsrj Vanessa Vailatti

Vanessa Vailatti

Bella da semana

Vanessa Vailatti

Vanessa Vailatti 2017 - O grande dia finalmente chegou! É hora de ver o ensaio mais esperado dos últimos tempos aqui no Bella da Semana. Ela, que já fotografou para o site há dois anos e foi sucesso absoluto no mundo inteiro, agora está de volta em fotos muito especiais. Depois que fotografou pela primeira vez, após ter sido coroada a musa do concurso promovido pelo Bella da Semana no carnaval de Floripa em 2015, Vanessa Vailatti curtiu a vida, beijou mulheres, virou celebridade e chegou a ser confundida com a esposa do atual presidente brasileiro Michel Temer, Marcela, em uma história que pipocou nos maiores veículos de comunicação nacionais. Vanessinha, nossa eterna musa, deixou todos nós implorando por mais. É com muito prazer que atendemos a esses pedidos e agora vocês podem ver o resultado deste novo trabalho aqui.
Nome: Vanessa Vailatti (Vanessinha). Data e local de nascimento: 21 de abril de 1992, em Guaramirim (SC). Cidade onde mora: Penha (SC). Signo: touro.
Medidas Altura: 1,64 m. Quadril: 99 cm. Cintura: 69 cm. Busto: 87 cm. Pés: 35.
Vanessa, desde que você fotografou para o Bella da Semana a primeira vez, seus fãs não param de pedir por um novo ensaio. Qual a diferença entre esse ensaio de agora e o ensaio de dois anos atrás? Os dois ensaios foram especiais, cada qual no seu momento. O primeiro é mais especial para mim porque foi quando tudo começou, mas que esse segundo não foi menos importância do que o primeiro. Questão de experiência, claro, que neste segundo eu me senti mais segura. Já tinha mais intimidade com as câmeras.
Você continua linda, mas parece que está ainda mais bonita do que da outra vez. Alguma coisa mudou na sua rotina de treinos ou alimentação desde então? Na verdade, meu corpo mudou muito durante estes dois anos e só nós, mulheres, sabemos das oscilações que sofremos. Hoje aumentei atividades aeróbicas e vario a minha dieta. A dica é não desistir jamais!
Você terminou a faculdade de Educação Física? Ainda não terminei, não, mas está nos meus planos.
Por falar em carreira, um tempo atrás você foi confundida com a esposa do atual presidente Michel Temer. Pode nos contar um pouquinho sobre essa experiência? Foi uma loucuraaaa! Mas adorei, não é sempre que se é confundida por uma pessoa tão influente.
Qual o lado complicado da fama? Como a maioria dos meus trabalhos são sensuais e me exponho muito, o lado negativo são as criticas. São críticas não construtivas, sabe? Os famosos "haters", pessoas que não têm um pingo de bom senso, que nunca me viram na vida e se acham no direito de comentar asneira, sendo que boa parte desses críticos são mulheres. Fora o uso indevido da minha imagem, usam meu nome, usam minhas fotos para promoverem alguns sites dos quais não faço ideia da existência.
Existe muito preconceito nesse meio? Sim! Ainda existe muito preconceito. Em pleno século XXI, a sociedade é muito machista. Mesmo a humanidade se encaminhando para uma vida mais liberal, a prática é outra. Se fala muito e se faz pouco. As pessoas julgam o livro pela capa e nem sempre o que parece, é. Além do mais, não cabe a ninguém julgar. Como sempre digo, a maldade está nos olhos de quem vê. O preconceito existe de ambas as partes, homens e mulheres. Elas, por não aceitarem esse mundo sensual (as modelos sensuais) e taxando apenas as modelos de passarela como as "verdadeiras representantes da moda e sensualidade”, o que é um erro; eles por não saberem diferenciar o trabalho da vida real, achando que somos um objeto sexual, prontas para servi-los. Um eterno desrespeito!
Nas redes sociais tem muita gente te pedindo em casamento... Pensa em casar? MEU SONHO É ME CASAR! Porém, não sou uma mulher tão fácil assim para ser conquistada (risos).
Já se surpreendeu positivamente com o comentário de algum seguidor? Sim, eu recebo várias mensagens de motivação e de carinho. Uma que me chamou muita atenção foi um direct de um seguidor me falando que tinha uma doença X e que gostava da energia que eu passava. Fora as mulheres falando que se espelham em mim. Isso é surreal, gratificante.
Você é um mulherão e está solteira, apesar de ter muitos pretendentes a seus pés. O que está faltando? Está faltando vontade. O amor eu já encontrei, mas falta vontade suficiente para querer estar junto e fazer por merecer a minha companhia.
No carnaval deste ano você foi à Bahia e um portal nacional publicou que você beijou dois homens e uma mulher. Qual a diferença entre o beijo masculino e o feminino? Alguns homens se sentem muito inseguros na hora da conquista e, consequentemente, essa insegurança é perceptível durante o beijo. Acreditem, é algo interessante e ao mesmo tempo assustador. Já com relação às mulheres, somos mais envolventes e, com esse jeito mais carinhoso, o beijo se torna diferente, pois a forma de beijar é completamente outra, é macio e único. A experiência foi única, mas de forma alguma põe em duvida minha sexualidade.
Quais os seus planos para o futuro breve? Tenho uns projetos, mas nada concreto ainda a ponto de ser compartilhado. Assim que se encaminhar, eu compartilho.
Tem algum arrependimento? Nem todas as escolhas que eu fiz na minha vida me fizeram bem, porém acredito que foram necessárias para o meu crescimento pessoal e profissional. Às vezes, precisamos abdicar de algumas coisas para podermos ganhar outras. Até porque nada acontece por acaso. Acredito muito naquele ditado que diz "eu prefiro me arrepender das coisas que eu fiz do que me arrepender das coisas que não fiz".
Conte-nos a ideia de um fim de semana perfeito: um final de semana na praia (sol, calor), com amigos ou uma boa companhia, dando risada, ouvindo música boa... isso é tudo o que eu preciso para o meu dia ser perfeito!
Para fechar, deixe um recado aos apaixonados por você no Bella da Semana: meus amores, eu só quero agradecer a todos vocês meus seguidores, pelas mensagens positivas e por todo carinho. É gratificante e me motiva a continuar. Muito obrigada!
Veja Também
submitted by marciofsrj to u/marciofsrj [link] [comments]


10 ditados lúdicos para você fazer o diagnóstico da sua ... Dinâmicas com Ditados para ensinar Inglês PALAVRÕES E DITADOS POPULARES - Você Sabia? - YouTube AVALIAÇÃO – 7 Critérios Essenciais para Avaliar o Aluno  Por Professor em Sala Ditado Melódico - Dicas Ditados brasileiros e suas versões em inglês - DICAS DE INGLÊS MC LIVINHO e DJ GUUGA = VIDRADO EM VOCE ((DJGUUGA)) - YouTube Ditados em espanhol Ditados Populares em espanhol que você precisa conhecer - HablaEspanhol

50 Ditados populares em inglês que você precisa conhecer ...

  1. 10 ditados lúdicos para você fazer o diagnóstico da sua ...
  2. Dinâmicas com Ditados para ensinar Inglês
  3. PALAVRÕES E DITADOS POPULARES - Você Sabia? - YouTube
  4. AVALIAÇÃO – 7 Critérios Essenciais para Avaliar o Aluno Por Professor em Sala
  5. Ditado Melódico - Dicas
  6. Ditados brasileiros e suas versões em inglês - DICAS DE INGLÊS
  7. MC LIVINHO e DJ GUUGA = VIDRADO EM VOCE ((DJGUUGA)) - YouTube
  8. Ditados em espanhol
  9. Ditados Populares em espanhol que você precisa conhecer - HablaEspanhol

Você vai entender que alguns alunos apesar de não ir muito bem na prova bimestral, mas tem outras característica superimportante, que deve ser levada em consideração. Se inscrevam e Ativem as notificações Download 1: https://goo.gl/hjciTN Download 2: https://www.mediafire.com/file/7dfrr7fxn4iov4q/MC_LIVINHO_e_DJ_GUUGA_%3D_... Neste vídeo, você terá acesso a dicas de como usar ditados para criar alternativas de aprendizado do inglês. Inscreva-se no canal e ative o sininho para ser notificado dos próximos vídeos ... Se você é músico, cantor, estudante de música, este canal é perfeito para você. São mais de 500 vídeos didáticos envolvendo teoria, percepção, solfejo, harmonia. Tudo com muita ... Conheça a BNCC de forma pática e objetiva http://cursodebncc.com O ditado é uma atividade muito útil para ser usado como instrumento de avaliação diagnóstica... Ditados populares são riquezas linguísticas que te permitem não só compreender melhor a situação como entender muito da cultura local. Você vai aprender alguns em espanhol para ganhar ... Ditados Populares em espanhol que você precisa conhecer - Neste vídeo eu te ensino 3 ditados populares (dichos) que são muito utilizados no idioma espanhol. Você precisa saber como usar e ... CLIQUE NO LINK E SE INSCREVA: http://bit.ly/inscrevaVcSabia COMPARTILHE NO FACEBOOK: http://bit.ly/ComPalavroes INSTALE A EXTENSÃO PARA SEU NAVEGADOR: http:/... Você sabe como falar os ditados populares em inglês? Confira no vídeo de hoje como falar e pronunciar corretamente as versões em inglês dos ditados populares brasileiros.